Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE), através da sua Unidade Nacional de Informações e Investigação Criminal (UNIIC), apreendeu, até ao momento, 21 bilhetes e deteve 6 indivíduos pela prática do crime de especulação na venda de bilhetes para o festival NOS Alive 2023, que se realiza a partir de hoje, no Passeio Marítimo de Algés.

No decurso da operação verificou-se que todos os bilhetes apreendidos estavam a ser promovidos em anúncios disponíveis em várias páginas de redes sociais a preços muito acima do seu real valor facial ou mesmo sem qualquer valor facial, encontrando-se a ser comercializados com margens líquidas especuladas com variações entre € 16,00 e os € 140,00 por bilhete.

Foram registados, até ao momento, 5 processos-crime, tendo sido detidos 6 indivíduos os quais foram sujeitos à medida de termo de identidade e residência com notificação para comparência em Tribunal, tendo já sido proferida decisão relativamente a um dos indivíduos com decisão de aplicação de suspensão provisória do processo e condenação com uma pena de prisão suspensa por 5 meses e pagamento de injunção no valor de € 375,00.

A ASAE alerta os consumidores que a venda de bilhetes acima do seu valor oficial constitui Crime de Especulação, punido com pena de prisão de 6 meses a 3 anos.

Fonte: Nota de Imprensa / Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE)

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Veja também

ASAE apreende mais de 16.000 litros de azeite num valor superior a 73 Mil euros

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica na âmbito da sua missão na proteção de pro…