A edição deste ano da Ovibeja, a maior feira agropecuária do sul de Portugal, arranca com lotação esgotada para mostrar “todo o Alentejo deste mundo” e debater “como alimentar o planeta”.

A feira vai decorrer até segunda-feira, no Parque de Feiras e Exposições de Beja, com “cerca de mil” expositores “lotados” e aguarda “milhares de visitantes”, segundo a organizadora, a ACOS – Associação de Agricultores do Sul.


Sob o tema central “Como Alimentar o Planeta?”, a feira volta este ano ao parque de feiras, após ter sido cancelada em 2020 e ter decorrido em formato digital em 2021, devido à pandemia de covid-19.


De acordo com o presidente da ACOS, Rui Garrido, “há uma expectativa muito grande face à realização” da Ovibeja deste ano, porque “as pessoas estão ávidas de convívio, de saírem de casa e de terem um estilo de vida diferente” do “habitual” nos anteriores dois anos de pandemia.


“Nota-se que a Ovibeja faz falta à cidade, à região, ao país”, vincou, numa entrevista concedida ao gabinete de imprensa da Ovibeja e enviada à LUSA e ao Diário do SUL pela ACOS.

Leia no Diário do SUL, o Suplemento Especial dedicado à 38.ª OVIBEJA

Veja o video promocional aqui: https://www.youtube.com/watch?v=4KVcfnrFMIw

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Veja também

39ª Ovibeja a realizar de 27 de abril a 1 de maio lança desafio para reflexão conjunta

“Comunicar, Um Grande Desafio para a Agricultura” é o tema da 39ª edição da Ovibeja agenda…