No dia em que recebe os novos estudantes 2023/24 a Universidade de Évora apresenta o Plano Integral de Participação Estudantil, com a presença da Ministra Adjunta e dos Assuntos Parlamentares, Ana Catarina Mendes.

O programa da sessão, agendada para o dia 12 de setembro, com inicio pelas 16h, contempla a apresentação do Plano Integral de Participação Estudantil (PIPE-UÉ) pela Pró-Reitora para a Qualidade, Planeamento e Finanças, Ana Fialho, também membro da equipa do projeto STUPS, no âmbito do qual o plano foi delineado, e por Suzete Rico, coordenadora do Gabinete de Apoio ao Estudante da UÉ, bem como o relato de experiências por parte de estudantes que se envolvem ativamente nas  atividades da instituição e da comunidade, desde a representação em órgãos consultivos à participação ao nível social, cultural e desportivo, promovendo transversalmente a inclusão e a igualdade de género.

Pode ler-se no PIPE que “os planos integrais de participação estudantil são uma peça-chave (…) na medida em que definem um conjunto amplo e coerente de ações que incidem sobre todas as dimensões sobre as quais pode ser perspetivada a participação estudantil. São também planos integrados, coerentemente alinhados com os objetivos e as estratégias das universidades, pressupondo o envolvimento de toda a comunidade académica, contribuindo também com isso para o desenvolvimento de uma cultura de participação estudantil”.

Recorde-se que foram 1290 os novos estudantes colocados na Universidade de Évora na 1ª fase do Concurso Nacional de Acesso (CNA) 2023/2024, o que significa que 95% das vagas foram preenchidas, mantendo assim esta universidade a tendência de crescimento dos últimos anos. 

Para a Reitora da UÉ, “a crescente procura da Universidade de Évora comprova “o reconhecimento desta instituição que se pauta pela qualidade dos ensinos em todos os ciclos de formação, onde a aposta recente na área da Saúde, afirmada neste ano letivo com o Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas ou em áreas emergentes, como a Inteligência Artificial e Ciência de Dados, a par do investimento contínuo na consolidação das outras áreas com competências instaladas e reconhecidas, confluem numa estratégia consistente ao nível da formação, que acompanha as mudanças incontornáveis da atualidade.

A Reitora da UÉ, Hermínia Vasconcelos Vilar, dará as “boas-vindas” aos estudantes que iniciam agora o seu percurso académico, numa sessão que contará com as intervenções de Henrique Gil, Presidente da Associação Académica da Universidade de Évora e de Carlos Pinto Sá, Presidente da Câmara Municipal de Évora.

Fonte: Nota de Imprensa / Universidade de Évora

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Veja também

UÉ no Consórcio de Ensino Superior com projeto para fortalecer competências digitais em jovens e adultos

O consórcio “Digital Sul + Ilhas”, composto por seis Instituições de Ensino Superior (IES)…