A Fundação Eugénio de Almeida, em parceria com o jornal Público, organiza a conferência “Voluntariado Jovem e Transformação Social”, a qual decorrerá no dia 16 de maio, às 15h, no auditório da Fundação.

Em debate, estarão as grandes questões do Voluntariado Jovem, tais como atratividade, mobilização e participação dos jovens em projetos e atividades de voluntariado; a validação de competências adquiridas; o potencial de transformação social da prática de voluntariado, a sua importância para uma cidadania ativa, comprometida e para o reforço das democracias.

Moderada por Mariana Adam, editora do Público, a conferência terá como oradores Carla Ventura (vice-presidente da CASES – Cooperativa António Sérgio para a Economia Social), Cármen Garcia (enfermeira, autora do blog “Mãe Imperfeita” e cronista do Público), Cátia Martins (docente na Universidade do Algarve, Coordenadora do Grupo de Voluntariado da UAlg) e Henrique Sim-Sim (coordenador da Área Social e de Desenvolvimento da Fundação Eugénio de Almeida).

O tema do voluntariado tem sido um dos eixos da missão social da Fundação Eugénio de Almeida. Em 2021, a instituição criou um amplo Programa de Voluntariado, internacionalmente reconhecido, que aposta no desenvolvimento de uma cultura qualificada para a prática de voluntariado, desenvolvendo atividades de mediação, formação, promoção e investigação nesta área. Anualmente, a Fundação mobiliza mais de 500 voluntários no concelho de Évora para distintas entidades sociais, culturais, ambientais, desportivas e de outra natureza.

Após a conferência, será firmado um protocolo entre a Fundação Eugénio de Almeida e a CASES – Cooperativa António Sérgio para a Economia Social, que visa reforçar o compromisso institucional da Fundação Eugénio de Almeida no âmbito da dinamização do seu Banco Local de Voluntariado, que tem inscritas cerca de 1 500 pessoas.

Esta é mais uma iniciativa na qual a Fundação Eugénio de Almeida se associa ao Público. Este ano, através do PSuperior, a Fundação apoiou a atribuição de 500 assinaturas digitais do jornal a estudantes do ensino superior, de forma a contribuir para a sua formação académica e cidadã e para o aumento da literacia mediática junto.

A entrada na conferência será livre mediante inscrição em www.fea.pt/banco-voluntariado ou por email [email protected]

A Fundação Eugénio de Almeida é uma Instituição de direito privado e utilidade pública, sediada em Évora, que tem como missão o desenvolvimento humano pleno, integral e sustentável da região. Fundada em 1963 por Vasco Maria Eugénio de Almeida, tem tido um importante impacto económico, social e cultural em toda a região do Alentejo. Entre os seus mais relevantes projetos, destacam-se o Centro de Arte e Cultura, principal pólo de arte contemporânea a sul do Tejo; o Centro de Inovação Social, o primeiro do género na região; o Banco de Voluntariado, projeto internacionalmente acreditado. A Fundação é detentora de um vasto património cultural, reabilitado para a fruição pública, sendo também responsável por um extenso programa de Bolsas e Apoios. É membro da Comissão Execuhva de Évora 27 – Capital Europeia da Cultura.

Em 2023, a Fundação Eugénio de Almeida comemora 60 anos de existência.

Fonte: Nota de Imprensa / Fundação Eugénio de Almeida

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Veja também

Intervenção terapêutica no luto, em Moura

A Câmara Municipal de Moura vai dar início ao 3.º grupo de apoio do projeto “Intervenção T…