Nesta terça-feira, 2 de maio, entrou em funcionamento a 2.ª Equipa de Intervenção Permanente (EIP), assinalado com uma formatura com as duas EIP’s, destacando a entrada em funções da segunda EIP.

A cerimónia contou com a presença do Presidente da Câmara Municipal, Olímpio Galvão, da Comandante Sub-Regional de Emergência e Proteção Civil do Alentejo Central, Maria João Rosado, do Comandante e 2.º Comandante dos Bombeiros Voluntários, Hugo Ventura e Vítor Falcão, o Presidente da Direção da Associação, António Pinetra, o Vogal da Direção da Associação, José Augusto Lopes, e a Coordenadora Municipal de Proteção Civil, Sandra Matias.

A entrada em funcionamento da 2.ª EIP resulta de um Protocolo tripartido entre a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários, o Município e a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC). Este protocolo prevê que Município e a ANEPC comparticipem em partes iguais os custos decorrentes da remuneração dos elementos da EIP, bem como os demais encargos relativos ao regime de segurança social e seguros de acidentes de trabalho.

Estas equipas têm como principal objetivo melhorar a eficiência da proteção civil e das condições de prevenção e socorro à população, face à ocorrência de acidentes e catástrofes, valorizando e reforçando o socorro prestado pelos nossos bombeiros enquanto pilares fundamentais do sistema de proteção e socorro, garantindo uma maior prontidão na resposta às ocorrências que impliquem intervenções de socorro à população e de defesa dos seus bens.

Fonte: Nota de Imprensa / Câmara Municipal de Montemor-o-Novo

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Veja também

Proteção Civil: Exercício Ciborro ’24 com balanço positivo

O Serviço Municipal de Proteção Civil de Montemor-o-Novo, em articulação com a Autoridade …