A instalação que resultou do Laboratório de Artes Visuais orientado pela artista plástica Joana Gancho vai ser apresentada ao público no dia 20 de abril, pelas 15h, no pátio da Biblioteca Municipal de Reguengos de Monsaraz.

Esta iniciativa da Malvada Associação Artística foi realizada no âmbito do projeto artístico de inovação social Cotidianos, da autoria da dupla de artistas Ana Luena e José Miguel Soares, no qual se desenvolvem atividades de criação artística inovadoras e experimentais, que partem do quotidiano para a construção de imaginários, num trabalho direto com o público sénior e desempregados.

O Laboratório de Artes Visuais realizou-se no Pólo de Reguengos de Monsaraz da Universidade Popular Túlio Espanca, envolvendo um grupo de alunos e elementos da comunidade sénior, constituído por Antónia Cadete, Isabel Leite, Isabel Lopes Mips, Margarida Gaspar, Sonja e Teresa Conceição. A iniciativa teve início no dia 24 de fevereiro e consistiu em seis sessões, nas quais se criaram os objetos artísticos de estética contemporânea apresentados nesta instalação.

A construção dos trabalhos inspirou-se no quotidiano dos participantes, utilizando e explorando técnicas de desenho, pintura e colagem para a criação de uma linguagem artística própria. O projeto artístico de inovação social Cotidianos decorre em Reguengos de Monsaraz, Alandroal, Borba, Évora e Terena no âmbito do programa Projetos Inovadores/Experimentais na Área Social – MONTE, que é cofinanciado pelo Alentejo 2020, Portugal 2020 e Fundo Social Europeu – União Europeia.

Fonte: Nota de Imprensa / Câmara Municipal de Reguengos de Monsaraz

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Veja também

Exposição em Évora: “Aprendei, mortais, a buscar as coisas do céu”

O Centro de Arte e Cultura da Fundação Eugénio de Almeida inaugura a exposição Aprendei, m…