A formação no âmbito do Projeto Território Eurobird prosseguiu na manhã do dia 9 de Dezembro no Núcleo Museológico do Alto de S. Bento. Tratou-se de mais uma ação, com componente teórica e prática, destinada a sensibilizar para a avifauna e a educação ambiental técnicas da Atividade de Enriquecimento Curricular (AEC) de Ciências e Ambiente e outros profissionais de educação.

A capacitação foi feita pelos investigadores Carlos Godinho e Inês Roque, do MED – Instituto Mediterrâneo para a Agricultura, Ambiente e Desenvolvimento (Universidade de Évora) e realizou-se no âmbito do projeto transfronteiriço Território Eurobird em que participa a autarquia eborense.

Esta formação centrou-se na identificação de aves (detalhes importantes, onde prestar atenção, etc.), como rentabilizar as plataformas on-line para observação de aves; utilização da tecnologia para melhorar a aprendizagem e introdução ao planeamento de um percurso de interpretação ambiental baseado na avifauna, sendo que agora o grupo tem como missão planear um percurso a apresentar em próxima formação.

Em breve no âmbito do projeto será também lançada a atividade Atlas que tem como principal objectivo elaborar um atlas das aves nidificantes na cidade de Évora e seu perímetro urbano. Será disponibilizada informação sobre a distribuição de espécies (mapas) e pequenos textos de enquadramento sobre cada espécie. Esta informação poderá resultar num produto, ainda em definição, de promoção da biodiversidade da cidade.

Fonte: Câmara Municipal de Évora

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Veja também

Na Horta das Laranjeiras, Jardim de Natal anima Évora nesta quadra

O Jardim de Natal, que este ano decorre na Horta das Laranjeiras, entre os dias 08 e 18 de…