A Assembleia Municipal de Évora realizou uma sessão extraordinária no dia 26 de Novembro em que elegeu os membros que irão representar as Juntas de Freguesia ou Uniões de Freguesias do concelho no XXV Congresso da Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP), bem como no Conselho Municipal de Juventude de Évora (CMJE) e na Assembleia Intermunicipal da CIMAC – Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central.

Para representar as freguesias no XXV Congresso da ANMP, foi eleito Luís Pardal (Presidente da União de Freguesias do Bacelo e Senhora da Saúde) como membro efectivo e Bernarda Cota (Presidente da Junta de Freguesia de Canaviais) como membro suplente, em lista proposta pelo PS, que obteve 16 votos. A Coligação “Mudar com Confiança” também apresentou uma lista que obteve 9 votos. Registaram-se 8 votos brancos

Seis membros da Assembleia foram eleitos para o Conselho Municipal de Juventude de Évora, oriundos das forças políticas com maior representatividade, a saber: Ana Beatriz Cardoso (PS), Elmina Lopes (CDU), Francisco Brito (Coligação Mudar com Confiança), Maria Cristina Mata (Movimento Cuidar de Évora), Bruno Martins (BE) e Luís Roma (Chega).

Os representantes na Assembleia Intermunicipal da CIMAC – Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central são oriundos da Lista A, que venceu com 13 votos e que elegeu José Figueira (CDU), José Santos (Coligação Mudar com Confiança) e João de Sousa (Movimento Cuidar de Évora) e da Lista B, que obteve 7 votos, e que elegeu Paula de Deus (PS). Registou-se 1 voto branco.

No início da reunião, o Presidente da Assembleia convidou o Presidente da Câmara Municipal de Évora, Carlos Pinto de Sá, a dirigir-se à Assembleia, o que este agradeceu, proferindo de seguida uma breve intervenção em que saudou a AME e manifestou a disponibilidade de colaboração da Câmara. Fez, também, o ponto de situação da pandemia no Concelho, informando que é previsível que o número de casos continue a aumentar nas próximas semanas, havendo à data 8 dezenas de casos activos e 4 doentes internados no Hospital. O município continuará a acompanhar e a intervir, seguindo as indicações da Saúde Pública quanto a esta matéria.

O Presidente da Assembleia Municipal de Évora, Jorge Araújo, informou que este órgão tem novas instalações nos Paços do Concelho e que o próximo passo é terem corpos técnicos próprios para dinamizar o funcionamento da AME e reorganizar os arquivos, uma vez que atualmente o pessoal é cedido pela Câmara Municipal. Estão também em preparação os cartões de identificação dos deputados municipais. Falou ainda da possibilidade de realização de nova sessão da AME em Dezembro para indigitar os membros que a representarão nas variadas Comissões e para votação de matérias referentes à Câmara Municipal.

Fonte: Nota de Imprensa / Câmara Municipal de Évora

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Veja também

Exposição e concerto em Évora assinalam comemorações do Centenário da Travessia Aérea do Atlântico Sul

A Força Aérea, a Marinha e o Município de Évora juntam-se para assinalar os 100 Anos da Tr…