Está fechado o programa para a 22ª edição da Festa do Cinema Francês. Um programa que olhará para as novas vozes do cinema francês desenvolvido em parceria com a ACID, um ciclo de cinema Fantástico, o programa Segunda Chance, que dará uma segunda oportunidade a filmes estreados durante a pandemia, e uma programação escolar e infanto-juvenil. No total serão mais de 50 filmes dedicados ao cinema de expressão francesa. A Festa do Cinema Francês terá lugar entre os dias 7 e 31 de outubro e passa, este ano, por nove cidades, complementando-se com um programa especial online em parceria com a plataforma Filmin. 

São duas estreias em cinemas nacionais para dois filmes que integraram a selecção da ACID (associação para a promoção do cinema independente) em Cannes: Um Verão na Córsega, de  Pascal Tagnati, que dá um olhar sobre as relações e segredos familiares, e Autáquica, de Thomas Paulot, uma comédia sobre a política autárquica e a manipulação em tempo de eleições. Pela primeira vez na história da Festa abrem-se os universos do cinema fantástico com uma selecção de cinco filmes que prometem agradar aos apreciadores de géneros mais extremos. Realizado por Sébastien Marnier, A Hora de Saída é um thriller intrigante interpretado por Laurent Lafitte, aqui um professor substituto que tem de lidar com os planos de uma misteriosa turma de alunos prodígios. Também com interpretação de Lafitte, Elle, obra do incontornável Paul Verhoeven, narra a história de Michèle Leblanc (Isabelle Huppert), uma mulher de negócios bem sucedida, vítima de abuso sexual, que mantém uma relação com o seu agressor. A secção integrará ainda Mandíbulas, o mais recente filme de Quentin Dupieux, Evolução de Lucile Hadzihalilovic, e Clímax de Gaspar Noé. 

Continuando o trabalho iniciado na última edição, a Festa do Cinema Francês vai ainda reintroduzir dezasseis filmes estreados em período de pandemia, entre os quais Miss de Ruben Alves, Os Miseráveis de Ladj Ly, A Troca das Princesas de Marc Dugain, Doutor? de Tristan Séguéla ou O Homem Que Vendeu a Sua Pele de Kaouther Ben Hania. Fechando o programa deste ano, a secção de cinema familiar e infanto-juvenil composto por seis filmes de produção recente. À semelhança do que aconteceu no ano passado, a Festa do Cinema Francês terá uma parceria com a Filmin para o lançamento de um programa especial de filmes que integraram edições passadas do evento. 

Anunciados estavam já, o programa de antestreias, o foco na obra da realizadora Mia Hansen-Løve e a retrospectiva de filmes de Jacqueline Audry em parceria com a Cinemateca Portuguesa. 

A Festa do Cinema Francês é organizada pela produtora Jangada, apoiada pela Embaixada de França e o Institut français du Portugal, em parceria com a rede das Alliances Françaises em Portugal. A 22ª edição do festival decorrerá nas seguintes datas: Lisboa (7 a 20 de outubro), Almada (12 a 16 de outubro), Oeiras (9, 10, 16, 17, 18 e 19 de outubro), Coimbra (12 a 16 de outubro), Porto (19 a 27 de Outubro), Braga (21 a 24 de outubro), Évora (28 a 31 de outubro), Viseu (28 a 31 de outubro) e Faro (21 a 24 de outubro).

Fonte: Nota de Imprensa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Veja também

CIMAC coordena programa para uma cultura inclusiva no Alentejo Central

Promover a inclusão através da cultura. Esta é a proposta do Programa Transforma que está …