Francisco Bolas tem 78 anos e é natural da cidade de Évora. Reconhecido empresário e filho dos fundadores da Óptica Havaneza, Sebastião Mendes Bolas, e sua mulher Maria das Neves Mendes Bolas, Francisco iniciou a sua carreira em 1960, com 14 anos de idade. Começou a trabalhar como técnico de oficina de ótica, no Oculista Miramon, na Rua da Prata, em Lisboa e alguns meses depois regressa a Évora assumindo um papel fundamental na Óptica Havaneza. Em 1980, Francisco Mendes Bolas recebeu o diploma Óptico-Optometrista pela Société D’Optometrie D’Europe. Foi um dos fundadores da UPOOP (União Profissional dos Ópticos e Optometristas Portugueses), tendo concluído o curso de Optometria, desta instituição. Hoje é reconhecido como um dos responsáveis pelo aparecimento e desenvolvimento da optometria em Portugal.

Relativamente ao Prémio Carreira, atribuído pela Revista ÓpticaPro, Francisco Bolas refere que é com imensa gratidão e humildade que o recebe. “Este reconhecimento é o culminar de mais de 60 anos dedicado à excelência e inovação no setor ótico. Sinto-me verdadeiramente honrado por ser reconhecido pelo meu trabalho e contribuição para a evolução e desenvolvimento do setor. Este prémio não é apenas uma celebração do meu percurso profissional, mas também de toda a equipa da Óptica Havaneza e da minha família”, diz.

E acrescenta: “É uma honra fazer parte desta comunidade dinâmica e comprometida com a excelência. A minha mensagem é de encorajamento e inspiração, para que todos os responsáveis pelos organismos ligados ao nosso setor continuem a trabalhar juntos, partilhando conhecimento, experiências e inovações para elevarmos ainda mais os padrões da ótica. Juntos poderemos enfrentar desafios, abraçar oportunidades e construir um futuro brilhante para a ótica”.

Fonte: Nota de Imprensa / Óptica Havaneza

Secção de comentários fechada.

Veja também

Município de Montemor-o-Novo recebe camisola amarela de Fernando Emílio

A convite da família de Fernando Emílio, representada pela sua esposa e um dos filhos, o M…