A 40ª Ovibeja abre portas no dia 30 de abril, inaugurada pelo Primeiro-Ministro, Luís Montenegro, em sessão agendada para as 11h00.

Até 5 de maio, a 40ª Ovibeja conta com seis dias de intensa atividade cultural, recreativa, comercial, de mostra e venda dos mais variados produtos e serviços. A reflexão sobre assuntos da ordem do dia é outro dos pontos fortes da Ovibeja que este ano elegeu o associativismo como tema principal.

Além de muitos outros focos de reflexão sobre este tema, a ACOS – organizadora do evento – vai realizar o seu colóquio sobre “Associativismo Agrícola” no dia 2 de maio, a partir das 11h00, no Auditório ACOS. Vão intervir Luís Capoulas Santos, sociólogo, ex-ministro da agricultura; Álvaro Mendonça e Moura, presidente da Confederação dos Agricultores de Portugal; Firmino Cordeiro, Diretor-Geral da AJAP, Idalino Leão, presidente da CONFGRI, Joaquim Lopes, representante da Confederação Nacional da Agricultura; Agustín Sánchez, presidente da cooperativa espanhola OVIPOR. A moderação vai estar a cargo da jornalista Inês Patola.

Além deste tema de reflexão, a ACOS e a Federação das Associações de Agricultores do Baixo Alentejo (FAABA) vão realizar o “II colóquio Nacional do Pastoreio Extensivo – A importância da cooperação e o associativismo”, no dia 30 de abril, a partir das 15h00, no Auditório ACOS. Vão intervir representantes do Centro de Competências do Pastoreio Extensivo e Centro de Competências de Caprinicultura, de diversas associações e agrupamentos de produtores, federações, da Câmara Municipal do Fundão, a região convidada este ano. Da ACOS vão intervir o vice-presidente, Miguel Madeira, sobre “desafios e oportunidades da cooperação e o associativismo na produção” e ainda o diretor geral, Claudino Matos.

Em cima da mesa vai estar também uma reflexão, promovida pela ACOS, sobre “A integração de migrantes no Baixo Alentejo – qual o caminho?”.  A ACOS vai ainda dinamizar vários outros colóquios e workshops com sessões teóricas e práticas no novo espaço criado este ano para dar visibilidade ao papel e importância das novas tecnologias na agricultura e pecuária, o Pavilhão da Inovação e Tecnologia, situado no Campo da Feira. “Vantagens da Utilização de Sistemas Inteligentes de Rega”; “Geolocalização na Pecuária”, “Utilização de Drones na Agricultura”, Conservação do Solo” são apenas alguns exemplos dos colóquios da responsabilidade da ACOS previstos para este novo espaço.

A dinamização deste espaço conta igualmente com a participação de vários Centros de Competências de que a ACOS e a FAABA fazem parte. A decorrer de 30 de abril a 5 de maio, a 40ª Ovibeja tem este ano mais expositores, mais iniciativas para todos os públicos-alvo, mais surpresas inovadoras e mais um dia de feira.

Fonte: Nota de Imprensa / ACOS – Agricultores do Sul

Secção de comentários fechada.

Veja também

CCDR Alentejo presente na 40a edição da Ovibeja

A Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo, I.P e o Alentejo 2030, e…