Liderado pelo Campus Sul – Associação Interuniversitária de que fazem parte a Universidade NOVA de Lisboa, a Universidade de Évora e a Universidade do Algarve, em parceria com a GALP e o Laboratório Colaborativo HYLAB, e Coordenado pela Universidade de Évora, o H2tALENT visa criar um ecossistema de inovação centrado no hidrogénio “verde” e no Alentejo. Este é o primeiro Vale de Hidrogénio Verde em Portugal com financiamento e reconhecimento da União Europeia e da Rede Global de Vales de Hidrogénio Verde.

O H2tALENT, financiado pelo programa HORIZON da Comissão Europeia, é um dos quatro vales de Hidrogénio Verde aprovados pela Comissão Europeia em 2023. Conta com um orçamento global de 13,5 milhões de euros, dos quais 9 milhões são assegurados pela Comissão Europeia, para apoiar a implementação deste projeto pioneiro, que terá a duração de cinco anos.

O H2tALENT mobilizou um consórcio composto por 28 parceiros, incluindo empresas, instituições de ensino superior, entidades de interface, autarquias e agências de desenvolvimento regional, de Portugal e outros cinco países. Este projeto visa criar, implementar e testar soluções sustentáveis e inovadoras para a produção e utilização de hidrogénio “verde” no Alentejo.

O H2tALENT tem como missão criar conhecimento, alavancar a inovação e alcançar um impacto positivo centrado em hidrogénio “verde” no Alentejo, inserindo-se numa Agenda de Trabalho focada em Hidrogénio Verde assumida pelo Campus Sul.

Entre as metas do projeto para os próximos 5 anos destacam-se as seguintes: instalação de 11 MW em electrolisadores, produção anual de mais de 500 toneladas de hidrogénio “verde”, e redução das emissões de dióxido de carbono em cerca de 6.000 toneladas por ano. Além disso, o H2tALENT pretende reter e desenvolver talentos relacionados com o hidrogénio “verde” no Alentejo, impulsionando a economia da região e contribuindo para a transição energética nacional e europeia.

A aprovação do H2tALENT pela Comissão Europeia reconhece o mérito do consórcio liderado por Campus Sul, GALP e HYLAB, assim como a capacidade endógena do Alentejo enquanto uma das melhores localizações da Europa para investimentos em Hidrogénio Verde, mas também o posiciona enquanto ativo importante nas estratégias nacional e europeia de transição energética.

A apresentação pública do projeto H2tALENT tem lugar no dia 11 de abril, pelas 16 horas, no Auditório do Parque do Alentejo de Ciência e Tecnologia (PACT), em Évora. O evento contará com a presença da Reitora da Universidade de Évora, Hermínia Vasconcelos Vilar, do Reitor da Universidade NOVA de Lisboa, João Sàágua, do Reitor da Universidade do Algarve, Paulo Manuel Roque Águas, do Presidente do Conselho de Administração do HYLAB, Pedro Furtado, do Responsável pelo Centro de Inovação Upstream e Industrial da Galp, Marco Ferraz, da vice-presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo – CCDR Alentejo, Carmen Carvalheira, e demais representantes de membros do consórcio, autoridades locais, regionais e nacionais, bem como de Luca Feola, Gestor do projeto H2tALENT, da Clean Hydrogen Joint Undertaking,

O H2tALENT é um projeto que ambiciona transformar o futuro do Alentejo e de Portugal, rumo a um futuro mais sustentável e “verde”.

Fonte: Nota de Imprensa / Universidade de Évora

Secção de comentários fechada.

Veja também

CCDR recebeu cerimónia de Assinatura e Homologação dos Contratos Construir Portugal e dos Termos de Aceitação Programa de Recuperação/Reabilitação de Escolas

Decorreu no auditório da CCDR Alentejo, I.P., a Cerimónia de Assinatura e Homologação dos …