O Programa Regional Alentejo 2030 foi o anfitrião das reuniões da Rede de Monitorização & Avaliação e da Rede de Coordenação, nos dias 19 e 20 de março, respetivamente, ambas partes integrantes do ecossistema de implementação dos Fundos Europeus. As reuniões decorreram no PACT – Parque do Alentejo de Ciência e Tecnologia.

A Rede de Monitorização & Avaliação é um elemento vital na estrutura de coordenação técnica dos Fundos Europeus, unindo os organismos responsáveis pela monitorização e avaliação dos programas do Portugal 2030. Com o objetivo de promover o desenvolvimento contínuo dessas atividades, esta rede visa garantir a eficácia e o funcionamento adequado do sistema de monitorização e avaliação em Portugal, além de facilitar a partilha de experiências e boas práticas entre os membros da rede, fortalecendo assim a capacidade de avaliação de políticas públicas no país.

No âmbito desta missão, a reunião concentrou-se na monitorização e reporte, temas cruciais para a avaliação eficaz do progresso alcançado e na identificação de áreas que necessitam de ajustes para otimização dos resultados.

Por sua vez, a Rede de Coordenação desempenha um papel fundamental na prestação de apoio técnico aos órgãos responsáveis pela gestão e coordenação dos Fundos Europeus. Nesta reunião, foi debatido o estado atual da implementação do Portugal 2030, abordando questões essenciais para garantir uma execução eficiente e eficaz dos programas.

Além dessas sessões, a Reunião do Grupo de Trabalho de Simplificação, realizada em 19 de março, merece também destaque. Este grupo visa promover a simplificação dos processos de apoio e capacitar os envolvidos no ecossistema dos Fundos Europeus para implementar e beneficiar de formas simplificadas de apoio.

Estas reuniões, que representam momentos-chave no progresso do Portugal 2030 e reforçam o compromisso contínuo com a excelência na implementação dos Fundos Europeus, destacando o papel crucial do Alentejo no cenário nacional de desenvolvimento regional, foram acompanhadas pela Comissão Diretiva do Alentejo 2030, assim como por vários membros da Autoridade de Gestão que integram estas redes colaborativas, enfatizando o compromisso total desta os objetivos e a execução eficaz do programa regional.

Fonte: Nota de Imprensa / CCDR Alentejo

Secção de comentários fechada.

Veja também

CIMAC promove Inspeção Operacional nos Espaços de Jogo e Recreio do Alentejo Central

A Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central (CIMAC), em colaboração com os seus municí…