O eborense Tiago Passão Salgueiro vai apresentar em Évora na Galeria da Casa de Burgos a segunda edição do livro “Do Japão para o Alentejo – A embaixada Japonesa Tenshö em Évora e Vila Viçosa no ano de 1584”.

A apresentação da obra, que é editada pela Colibri, tem prefácio de Vítor Serrão e contou com o apoio de Cultura Alentejo e Fundação Casa de Bragança, é da responsabilidade da CCDR Alentejo I.P. e decorrerá no próximo dia 29 de fevereiro, pelas 18 horas.

No livro, Tiago Passão Salgueiro, licenciado em Antropologia pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa e Mestre em Museologia pela Universidade de Évora e que é desde 2006 ajudante de conservador no Museu-Biblioteca da Casa de Bragança, conta-nos que “A cidade de Évora e o Paço dos Duques de Bragança, em Vila Viçosa, foram dois lugares visitados por quatro jovens vindos do Japão no século XVI, numa iniciativa organizada pela Companhia de Jesus”.

Se só por si esta notícia teve um enorme impacto pelo momento em que ocorreu e por constituir um encontro multicultural no contexto nacional “assume outras dimensões, nomeadamente em termos culturais, políticos e religiosos, tendo em conta as motivações que estiveram na origem da inusitada viagem”.

Segundo a investigação de Tiago Passão Salgueiro “Convertidos ao Cristianismo pelos Jesuítas, os nobres japoneses faziam parte de uma delegação que se dirigia a Roma, para prestar homenagem ao Papa, e que visitou os mais importantes centros de decisão na Europa deste período, entre os anos de 1582 e 1586. Nesse sentido, a visita às mais importantes cortes culturais do Alentejo assumiu contornos bastante importantes, na medida em que, segundo algumas possíveis interpretações, não se tratou somente de uma visita de cortesia”.

Como a investigação veio a demonstrar, tornaram-se mais claros os objetivos decorrentes das visitas ao Arcebispo D. Teotónio de Bragança, em Évora e à corte de D. Teodósio II, em Vila Viçosa por parte dos embaixadores japoneses, mas também em relação aos interesses políticos da Casa de Bragança no contexto ibérico e a nível internacional.

Fonte: Nota de Imprensa / CCDR Alentejo

Secção de comentários fechada.

Veja também

UÉ com papel preponderante na aprovação da Rota Europeia das Farmácias Históricas e dos Jardins Medicinais

Foi recentemente divulgada a aprovação da prestigiada certificação de Rota Cultural do Con…