Alunos, professores e funcionários do Agrupamento de Escolas André de Gouveia (AEAG), em Évora, juntaram-se nos diferentes estabelecimentos para assinalar o Dia Mundial da Luta Contra o Cancro.

A data é comemorada a 4 de fevereiro, mas foi dois dias depois que a celebração aconteceu neste agrupamento. O objetivo era que em cada escola fosse formado um laço humano para sensibilizar para este tema.

O Grupo Diário do Sul acompanhou na Escola Secundária André de Gouveia (ESAG) a realização desta iniciativa, organizada no âmbito do Projeto de Educação para a Saúde (PES).

Conceição Marinho, coordenadora-geral do PES do AEAG, explicou que, em conjunto com Ana Batalha, que também faz parte da equipa, “organizámos aqui na ESAG a realização de um laço humano cor-de-rosa para assinalar a data”, explicando que “falámos com todas as turmas da escola”.

Disse ainda que “foi uma atividade simbólica que pretendeu chamar a atenção para esta questão”, sublinhando que “tivemos a colaboração da Liga Portuguesa Contra o Cancro”.

Por sua vez, Maria da Conceição Peres, diretora do AEAG, destacou que “o que pauta este agrupamento é tornarmos os alunos e as alunas que o frequentam em cidadãos ativos, participativos e com um espírito dos direitos humanos e do bem-estar coletivo”.

Constatou que “para tudo isso têm de estar bem e sentir-se com saúde, felizes e envolvidos e participativos na tomada de decisão”.

Para Maria da Conceição Peres, “este foi um cenário de aprendizagem diferente, em que se apostou na prevenção da saúde”, realçando que “cada escola do agrupamento fez um laço e escolheu a sua cor”.

Reforçou ainda que “o agrupamento esteve todo envolvido nesta iniciativa simbólica no âmbito do Dia Mundial de Luta Contra o Cancro”.

Texto: Redação DS / Marina Pardal
Fotos: DS

Secção de comentários fechada.

Veja também

Centro de Inovação Social acolhe apresentação do Referencial GovInt para a Intervenção com Cuidadores Informais

O Referencial GovInt para a Intervenção com Cuidadores Informais constitui-se como uma pro…