O Programa Regional do Alentejo 2030 vai aumentar a dotação relativa às componentes destinadas a projetos culturais e turísticos, de âmbito regional, consolidando assim objetivo de promoção do desenvolvimento económico regional, naquelas que são áreas determinantes da estratégia regional de especialização inteligente.

Este novo aporte financeiro reflete uma abordagem planeada, com dotações distribuídas para fortalecer abordagens de âmbito supramunicipal e ampliar o impacto da cultura e do turismo sustentável na região e no crescimento económico.

No processo de encerramento do programa Alentejo 2020, que se concretiza em 31 de dezembro de 2023, foram apresentados à Autoridade de Gestão uma série de projetos regionais que, pela sua maturidade e importância estratégica, foram determinantes para a decisão de reforçar os investimentos, reconhecendo o potencial transformador destas áreas.

É fundamental ressaltar que a disponibilidade adicional de recursos foi viabilizada pela libertação de dotações de um instrumento específico, a ser reprogramado em 2024. Essa realocação estratégica reflete a eficiência na gestão de recursos, mas também um compromisso contínuo com o fortalecimento desses setores essenciais.

A Autoridade de Gestão do Programa Regional do Alentejo 2030 reafirma o seu compromisso em promover iniciativas que enriqueçam a oferta cultural e turística regional, mas que também impulsionem o desenvolvimento sustentável. Acreditamos que esse reforço de dotação catalisará ainda mais projetos de excelência e contribuirá para o crescimento económico equitativo em toda a região.

Fonte: Nota de Imprensa / CCDR Alentejo

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Veja também

Moura: Percurso Temático da Água “Do Castello até Pisões”

A primeira edição deste ano do Percurso Temático da Água “Do Castello até Pisões” realiza-…