A Comissão Vitivinícola Regional Alentejana (CVRA) foi convidada pela Organização Mundial do Turismo (UNWTO) para apresentar o Programa de Sustentabilidade dos Vinhos do Alentejo (PSVA) como exemplo de boas práticas da vitivinicultura, e de como esses esforços podem ter um reflexo positivo na 7.ª Conferência Mundial de Enoturismo.

O evento vai decorrer entre 22 e 24 de novembro em Logroño, La Rioja, Espanha, e pretende focar temas como a inclusão, a sustentabilidade e o enoturismo digital para promover um território mais forte e coeso.

coordenador do PSVA, João Barroso, vai estar como orador num dos dias do evento para abordar as boas práticas alentejanas que colocam a região no TOP Mundial do mapa da sustentabilidade, na sessão “Building a Sustainable Future for Wine Tourism – Get Inspired!

Este é dos mais importantes fóruns internacionais sobre enoturismo, organizado desde 2016, e permite aos especialistas e profissionais do setor acompanhar as tendências, conhecer novas ferramentas e oportunidades deste segmento do turismo, através da partilha de conhecimentos e experiências. A 7.ª edição da conferência vai contar com a colaboração da Organização Mundial do Turismo, o Governo de La Rioja e o Ministério da Indústria, Comércio e Turismo de Espanha.

João Barroso realça que “é com muito orgulho que encaramos esta oportunidade para mostrarmos o que de melhor se faz no Alentejo neste caminho que é a sustentabilidade. Acabamos de anunciar o PSVA2.0 precisamente por reconhecermos que devemos continuar a elevar a região e as boas práticas, sendo também um reconhecimento de todos os membros e de como o esforço dos produtores tem sido uma alavancagem, não só para o setor como, também, para o enoturismo da região”. 

Recorde-se que o PSVA é uma iniciativa pioneira no país, que nasceu em 2015, e que foi renovado este mês com uma versão que eleva o patamar da sustentabilidade e que coloca a região do Alentejo como exemplo na implementação de medidas de agricultura sustentável, sendo a certificação de produção sustentável deste programa reconhecida a nível mundial. O PSVA conta já com 639 membros que cobrem cerca de 60% da região vitivinícola do Alentejo, o correspondente a mais de  13 mil hectares, e atualmente já 20 produtores ostentam o selo de produção sustentável.

Fonte: Nota de Imprensa / Comissão Vitivinícola Regional Alentejana (CVRA)

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Veja também

Évora: Novo Capítulo na História do Pêra-Manca

O panorama vitivinícola deste ano vai ficar indelevelmente marcado pelo Pêra-Manca Tinto 2…