Concluídos os trabalhos de reposição do solo no espaço de implantação do monumento, a Câmara Municipal de Évora está nesta fase a proceder à sementeira de prado que constituirá o coberto vegetal.

Sendo essencial para a solidez de implantação dos menhires, é importante que este processo seja bem sucedido, pelo que continuará a ser necessário manter a interdição do acesso ao recinto do Cromeleque.

Assim, mais uma vez, a Câmara Municipal apela à compreensão de todos os visitantes pelos eventuais constrangimentos, devendo ser respeitada a sinalização instalada no local.

Fonte: Nota de Imprensa / Câmara Municipal de Évora

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Veja também

Évora: Remodelação da cobertura do edifício dos Paços do Concelho

A eletricidade produzida, de forma limpa, através deste sistema de captação de energia sol…