No segundo dia do Artes à Rua decorreu no pátio Inatel, Manifesto Funesto: uma ópera eletrónica de Vanda R Rodrigues, libreto de Lígia Soares e música de Mestre André/ANTIPODA a. c..

Fonte: Nota de Imprensa / Artes à Rua
Fotos: DS / Vítor Godinho

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Veja também

Lançamento do Livro e Filme “Évora e a Polifonia da Renascença” Jornadas Internacionais “Escola de Música da Sé de Évora”: Um Legado para o Futuro

A Eborae Musica-Associação Musical de Évora informa que no dia 24 de maio pelas 19h00 será…