Debater a formação na área social foi um dos objetivos da Escola Secundária Severim de Faria (ESSF), de Évora, ao promover o Dia das Comunidades de Apoio Psicossocial.

A iniciativa, que juntou diversos parceiros, decorreu a 2 de junho e foi organizada pelo Curso Profissional de Técnico de Apoio Psicossocial.

O evento teve a particularidade de ter uma transmissão em direto para a Rádio Telefonia do Alentejo (RTA), que incluiu um conjunto de entrevistas a professores e representantes das organizações que estiveram envolvidas.

A importância dos cursos profissionais, bem como o estigma que, por vezes, lhes está associado foi um dos temas em “cima da mesa”. No entanto, o foco principal foi dar a conhecer o trabalho que é desenvolvido diariamente no âmbito do Curso de Apoio Psicossocial, bem como algumas estratégias para adequar a formação às necessidades das organizações.

De salientar que os parceiros envolvidos foram a ARPIC, Centro UNESCO Aldeia das Ciências, Casa João Cidade, Escola Técnica Psicossocial de Lisboa, Diário do Sul, RTA, Fundação Eugénio de Almeida, Instituto Português do Desporto e Juventude e Escola Básica de São Mamede.

Ao professor Aires Carvalho, diretor do Curso de Apoio Psicossocial, coube a missão explicar como surgiu esta iniciativa. “Este dia nasceu da aproximação que é necessária fazer entre as organizações para quem nós formamos os jovens neste curso e a própria escola, no sentido de dar a conhecer à comunidade escolar as atividades que são desenvolvidas por essas organizações e, ao mesmo tempo, aquilo que é o trabalho dos nossos alunos nessas mesmas entidades”, esclareceu.

Acrescentou ainda que, “a par disso, também pretendemos dar a conhecer a essas organizações o trabalho que é desenvolvido por nós aqui na escola”.

Aires Carvalho salientou também que “o objetivo do curso, que teve início em 1999, com outra designação, é formar gente capaz para lidar com os diferentes públicos”, constatando que “é um técnico todo-o-terreno, que ajuda a produzir trabalho para a própria comunidade”.

O mesmo responsável adiantou que “esta foi a primeira vez que o Dia das Comunidades de Apoio Psicossocial foi realizado e aconteceu no âmbito do Conselho de Stakeholders, criado este ano e que junta alunos, professores (atuais e antigos) e um conjunto de entidades que de alguma forma trabalham a área social”.

Esclareceu que “este é um órgão informal que nos ajuda a discutir as necessidades formativas e das organizações no terreno”, referindo que, “no âmbito desse conselho, criou-se um dia que permitisse apresentar o trabalho desenvolvido e analisar o processo formativo, de uma forma crítica e evolutiva”.

Segundo Aires Carvalho, “tornar também atores na formação as organizações que trabalham na área social é fundamental até pela empregabilidade, pois não podemos estar a formar gente que depois o mercado não necessita”, considerando que “este foi um primeiro passo para que isso possa acontecer”.

Além disso, este evento também incluiu “uma sessão de agradecimento, já que este é um processo de muita gente”, disse, focando que “este ano agradecemos a três pessoas ligadas ao curso: António Cravo, Maria do Anjo Marques e Maria Inácia Festas”.

Ana Pires Fernandes, diretora do Agrupamento de Escolas Severim de Faria, reiterou que “este é um curso muito importante, que promove várias atividades e que permite aos alunos criarem serviço comunitário e humanitário, em colaboração também com os outros cursos da escola”.

Na sua opinião, “as ações comunitárias são muito importantes, incluindo para que os jovens compreendam as mudanças e se adaptem a elas”.

A diretora salientou ainda que “não há muito profissionais nesta área e é importante termos o curso na nossa escola”, comentando que “promove bastante a identidade do agrupamento e contribui para abrir as portas à comunidade educativa”.

Ana Pires Fernandes revelou também a oferta formativa do agrupamento para o próximo ano letivo, ao nível do ensino profissional, que passa pelos cursos de Apoio Psicossocial, Comunicação e Serviço Digital, Informática de Sistemas, Logística e Operações Turísticas.

Autor: Redação DS / Marina Pardal
Fotos: ESSF

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Veja também

Évora: Programa da Feira de S. João para 21, 22 e 23 de Junho

Feira de S. João em Évora 21, 22 e 23 de Junho …