A Associação Eborae Mvsica promove o XXI Ciclo de Concertos “A Quaresma na Escola de Música da Sé de Évora” nos dias 4, 18 e 25 de março, no Convento dos Remédios, na avenida de São Sebastião, em Évora.

O ciclo iniciou-se no dia 4 de março, às 18h00, com o Coro Gregoriano de Lisboa, com a direção de Armando Possante. No dia 18 de março, às 18h00, prossegue com a atuação pelo Coro Polifónico “Eborae Mvsica”, dirigido por Emanuel Vieira, e termina no dia 25 de março, às 19h00, com o Grupo Vocal Olisipo, direção de Armando Possante.

Programa

Requiem aeternam – Gregoriano; Requiem aeternam da missa pro defunctis a 6 – Manuel Cardoso; Asperges me – Duarte Lobo; Miserere mei, Deus – Alessandro Scarlatti; In monte Oliveti – Diogo Dias Melgáz; Comissa Mea – Filipe Magalhães; Ach weh des Leiden – H. Hassler; Jesu meine freude (corais I e XI) – J. S. Bach; Sitivit anima mea – Manuel Cardoso;

Coro Polifónico “Eborae Mvsica” – Fez a sua primeira apresentação pública em setembro de 1987, incluído no acontecimento cultural “Os Povos e as Artes”. O Coro Polifónico da Associação Musical de Évora – EBORAE MVSICA. Interpreta predominantemente a polifonia da Escola de Música da Sé de Évora (sécs. XVI e XVII), mas também outras obras de diferentes épocas, como exemplo, a Oratória “Jephte”, de Carissimi, a “Missa da Coroação”, de Mozart, o “Gloria”, de Vivaldi, a Missa em Dó Maior, de Mozart, para Coro e Órgão, Missa em Sol M, de Carlos Seixas, Missa em Ré M op.86 de A. Dvorák. Nas deslocações internacionais destaca-se A Kosice, Eslováquia, a convite do Coro da Universidade Técnica de Kosice; no XVI Festival: Internacional “Encontro com a Polifonia” em Giarre, Sicília, Itália em 2001, na Dinamarca, em 2002, com o Coro de Roskilde, integrado na Rede MECINE e no 22º Festival de Coros de Preveza e 10º Concurso Internacional de Música Sacra de Preveza, Grécia (2004) tendo obtido a medalha de bronze e mais recentemente, em 2019, a participação no Festival de Coros de Florença (Itália) onde obteve três prémios.

Emanuel Vieira – É licenciado em Formação Musical e Direção Coral pela Escola Superior de Música de Lisboa onde frequenta o Mestrado em Direção Coral. Participou em 2020 e em 2021 na Lisbon Conducting Marterclass – Panóplia Contemporânea (Nova Era Vocal Ensemble). Obteve uma Menção Honrosa no X Concurso Nacional de Canto – Conservatório de Música e Artes do Centro; Integrou os seguintes Coros: Coro Schola Cantorum, Coro de Câmara do Conservatório de Música e Artes do Centro e Nova Era Vocal Ensemble. É professor de Coro e Formação Musical no Colégio Moderno. Dirige o Coro Polifónico “Eborae Mvsica” desde novembro de 2021.

Aconselha-se a reserva antecipada através do email [email protected].

É solicitada a contribuição de 5,00€.

A Organização está a cargo da Associação Eborae Mvsica, estrutura financiada pelo Ministério da Cultura – DGArtes, e apoiada pela Câmara Municipal de Évora, Antena 2, Diário do Sul, Rádio Diana, A Defesa e O Registo.

Fonte: Nota de Imprensa / Eborae Mvsica

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Veja também

Rodrigo Leão, 23 Fevereiro, no Pax Júlia Teatro Municipal em Beja

Piano Para Piano é o novo álbum de Rodrigo Leão. Um trabalho que assinala um feliz encontr…