A Secretária de Estado do Desenvolvimento Regional, Isabel Ferreira, participa no programa de trabalho sobre cooperação transfronteiriça, promovido pelas Comissões de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR) do Alentejo e do Algarve e pela Junta de Andaluzia, que decorrerá na próxima quinta-feira, dia 26 de janeiro, em Mértola e Alcoutim.

Nos termos do programa anexo, estas reuniões e visitas têm como objetivo aprofundar e desenvolver os laços de cooperação transfronteiriça no contexto da Eurorregião Alentejo – Algarve – Andaluzia (EuroAAA), nomeadamente nos domínios das infraestruturas verdes e biodiversidade, navegabilidade e valorização do Baixo Guadiana, crescimento azul e prevenção de incêndios.

Neste encontro, enquadrando a Estratégia de Cooperação para Infraestruturas Verdes e Biodiversidade, será apresentado e o Plano de Ação para o Algarve, recentemente finalizado com a participação de todos os interessados, bem como a Intervenção Territorial Integrada (ITI) Água e Ecossistemas de Paisagens, desenvolvida em parceria pelas CCDR Algarve e Alentejo e que permitirá promover a economia do interior, valorizando as paisagens que suportam as atividades da população residente, trazendo mais-valias ao seu trabalho e benefícios pelos serviços prestados pelos ecossistemas.

A navegabilidade e valorização do Rio Guadiana serão abordadas e debatidas pelas equipas que têm trabalhado neste tema, ao longo dos diferentes quadros financeiros, em particular a Docapesca, o Instituto Hidrográfico e a Direção-Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos (DGRM), da parte portuguesa, e os Portos de Andaluzia, por Espanha.

A apresentação de resultados será igualmente feita no que concerne à Ponte sobre o Guadiana entre Alcoutim e Sanlúcar de Guadiana, financiada pelo Plano para a Recuperação e resiliência (PRR), onde o Município de Alcoutim fará um ponto de situação sobre a execução do projeto e os marcos e metas a atingir.

Coordenado pela Junta de Andaluzia e com um conjunto vasto de parceiros, o projeto de cooperação ATLAZUL tem como principal objetivo criar um conjunto de oportunidades através de redes especializadas que promovam o Crescimento azul na área transfronteiriça, bem como implementar políticas inovadoras através de novas tecnologias para melhorar o conhecimento nos ambientes terrestre e marítimo/marinho.

A rede de parceiros estratégicos da “Aliança Europeia de Universidades do Mar” (SEA-EU), será igualmente apresentada, um supercampus internacional envolvendo nove universidades orientadas para o mar com mais de 122.832 estudantes e 16.909 funcionários, incluindo 10.427 docentes e pessoal de investigação, cuja participação nacional é liderada pela Universidade do Algarve (UAlg).

Finalmente, será efetuado um ponto de situação do projeto CILIFO, o qual visa a criação de Centro de Investigação e Luta contra os Incêndios Florestais para a zona transfronteiriça, que será sediado na província de Huelva. Pretende-se que seja um espaço de referência na prevenção dos Incêndios Florestais e um centro catalisador de infraestruturas e equipamentos, munido de dispositivos adequados para a extinção rápida de incêndios, estando atualmente em execução três heliportos para esta rede em Monchique, Cachopo (Tavira) e Loulé.

Fonte: Nota de Imprensa / CCDR Alentejo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Veja também

Força Aérea interceta aeronave suspeita

A Força Aérea, através do sistema de defesa aérea e de policiamento aéreo, detetou na tard…