A Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT) selecionou, no âmbito do 5º Concurso de Estímulo ao Emprego Científico Individual (CEEC Individual), seis (6) candidaturas de Investigadores Doutorados da Universidade de Évora, para a atribuição de contratos de trabalho. 

Realizado desde 2018, o CEEC Individual destina-se a apoiar a contratação de doutorados de qualquer nacionalidade ou apátridas detentores de percurso em qualquer área científica que pretendam desenvolver a sua atividade de investigação científica ou desenvolvimento tecnológico em Portugal, nas instituições que integram o Sistema Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT).

Das 2890 candidaturas avaliadas, nesta 5ª edição do concurso, foram aprovados, com um investimento financeiro total de 120 milhões de euros,  400 contratos, com a duração de até 6 anos, distribuídos por quatro categorias: Investigadores Juniores, doutorados há 5 anos ou menos; Investigadores auxiliares, doutorados há mais de 5 anos e menos de 12 anos; Investigador Principal, doutorados há mais de 12 anos com alguma independência científica nos últimos 3 anos; Investigadores Coordenadores, doutorados detentores do título de habilitação ou agregação em Portugal com evidência de liderança na área científica a que se candidatam.

As seis aprovações da Universidade de Évora (UÉ) encontram-se repartidas por quatro (4) centros de Investigação, nomeadamente o Instituto Mediterrâneo para a Agricultura, Ambiente e Desenvolvimento (MED), com 2 contratos de Investigador Auxiliar e 1 de Investigador Júnior; o Instituto de História Contemporânea (IHC), com 1 contrato de Investigador Júnior; o Centro de Investigação Interdisciplinar de História, Culturas e Sociedades (CIDEHUS), com 1 contrato de Investigador Júnior; e o Centro de História da Arte e Investigação Artística (CHAIA), com 1 contrato de Investigador Principal.

Todos os candidatos foram selecionados através de um processo de avaliação e classificação realizado por 28 painéis internacionais e a distribuição dos contratos por categoria e por painel científico – que corresponde a 208 contratos de Investigador Júnior, 153 de Investigador Auxiliar, 38 de Investigador Principal e 1 de Investigador Coordenador- é proporcional ao respetivo número de candidatos avaliados.

O Concurso Estímulo ao Emprego Científico Individual, que já atribuiu um total de 1900 contratos, é um dos instrumentos de financiamento da contratação de investigadores definidos pelo Regulamento do Emprego Científico lançado em 2017 pela FCT, na sequência da publicação do Decreto-Lei n.º 57/2016.

Fonte: Universidade de Évora

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Veja também

Município de Viana do Alentejo atribui 46 bolsas de estudo a alunos do ensino superior

O Município de Viana do Alentejo atribuiu 46 bolsas de estudo a alunos que frequentam o en…