O Município de Reguengos de Monsaraz assinou no dia 28 de junho um contrato de comodato com a Sociedade Portuguesa de Autores para a cedência gratuita da Casa António Gião para acolher refugiados da Ucrânia. O contrato tem a duração de um ano com início no dia 1 de julho e poderá ser renovado após novo acordo entre as duas entidades.

A Sociedade Portuguesa de Autores cede seis quartos, a cozinha, a sala e as casas de banho da Casa António Gião. A autarquia fica responsável pelas despesas de utilização do imóvel e por equipar a casa com os materiais e bens essenciais para o alojamento dos refugiados.

O palacete onde viveu António Gião foi doado à Sociedade Portuguesa de Autores em 1981 pela viúva deste ilustre reguenguense, D. Sophie Spira Gião. António Gião (19-07-1906/03-06-1969) nasceu em Reguengos de Monsaraz e foi engenheiro físico, meteorologista no Instituto Meteorológico Real da Bélgica e no Ofício Nacional Meteorológico de Paris, mas também professor na Faculdade de Ciências de Lisboa, nas universidades de Bergen (Noruega), Dublin (Irlanda), Florença e Génova (Itália) e no MIT – Instituto de Tecnologia de Massachusetts, nos Estados Unidos da América.

Publicou mais de 150 memórias, trabalhos de investigação e artigos originais traduzidos em várias línguas nas revistas científicas mais conceituadas da altura e organizou em 1963 enquanto diretor do Centro de Cálculo da Fundação Gulbenkian uma reunião da NATO sobre cosmologia, em Lisboa, com a participação de várias figuras mundiais da ciência. António Gião trocava correspondência com Albert Einstein, o autor da teoria da relatividade, tendo-lhe proposto uma teoria das forças fundamentais, encontrando-se essas cartas no Arquivo Einstein, na Universidade Hebraica de Jerusalém.

Fonte: Nota de Imprensa / Câmara Municipal de Reguengos de Monsaraz

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Veja também

Mercadona continua em expansão e abre 11 novas lojas em 2024

A Mercadona, empresa de supermercados, prossegue com o seu plano de expansão em Portugal, …