Entre 23 de junho e 3 de julho, o Rossio de São Brás é o “palco” da Feira de São João, em Évora. Depois de dois anos de interregno, devido à pandemia, muitas organizações voltaram a escolher o certame para apresentarem os seus produtos e serviços.

Na Mostra das Atividades Económicas, organizada este ano pelo NERE – Núcleo Empresarial da Região de Évora, estão presentes empresas de diferentes setores, participando ainda várias instituições de referência no território.

O Grupo Diário do Sul conversou com alguns dos expositores presentes, ficando a conhecer as suas motivações para apostarem num evento como este.

Marco Arranhado, vendedor da Queijaria Cachopas

“As expectativas eram muitas e está a correr muito bem, incluindo a nível de vendas aqui no stand. Temos várias variedades de queijo, nomeadamente de ovelha, cabra, de mistura e ainda outras especialidades, como queijo de vaca e cabra com salsa e alho. O que normalmente temos à venda na queijaria, temos aqui também, para termos uma oferta diversificada”.

Luís Madruga, da Administração do Crédito Agrícola do Alentejo Central

“É com muito gosto que estamos presentes neste certame, que é uma das feiras ex-líbris da nossa região. A nossa sede é em Évora, embora estejamos um pouco pelo Alentejo Central todo. Pela dimensão e dinamismo que esta feira tem, obviamente que tínhamos de estar presentes e esperamos no futuro até ter uma presença mais reforçada. O nosso interesse é estarmos próximos das populações e é isso que temos tentado fazer”.

Sérgio Cartaxo, broker da Century 21 – Porta do Alentejo

“Desde 2002, que participamos na Feira de São João, sempre com a expectativa de mostrar aos potenciais clientes todos os serviços que prestamos. Aproveitamos para explicar o nosso processo de expansão para 2022, em que vamos abrir a terceira agência, neste caso em Beja, além de já termos as de Évora e Elvas. Fazemos assim a cobertura de todo o Alentejo interior, para prestar serviço a todos os que necessitarem de comprar, vender ou arrendar uma casa”.

Tiago Rodrigues, gestor de negócios da Boutigest em Évora– Concessionário Nissan

“Estamos mais uma vez presentes na Feira de São João e tem estado a correr bem, por isso as expectativas são boas. Estamos a apresentar os diferentes modelos da marca Nissan, incluindo veículos elétricos. Depois temos a gama dos seminovos, viaturas de serviço e carros com um ou dois anos de todas as marcas. De salientar que o nosso stand aqui na feira está em frente ao Monte Alentejano”.

José Nunes, administrador da Motodiana

“Depois destes tempos de pandemia, obviamente que não iríamos estar ausentes da Feira de São João, já que desde que a Motodiana começou, há quase 30 anos, temos estado sempre presentes. Apesar dos constrangimentos internacionais a nível de stocks, temos aqui um bom lote de motas, mas algumas delas são de demonstração, precisamente por haver falta de unidades. De qualquer modo, temos aqui modelos novos, bem como algumas motos elétricas”.

Redação DS: Marina Pardal
Foto: DS

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Veja também

Associação Évora 2027 realiza primeira Assembleia Geral e aprova estatutos, consolidando o caminho rumo a 2027

Na primeira reunião de Assembleia Geral, realizada em Évora, a Associação Évora 2027, resp…