“Porque Cantam as Corujas” foi a denominação da oficina pedagógica sobre aves de rapina noturnas desenvolvida para o público na tarde de 14 de Setembro de 2021, no Núcleo Museológico do Alto de S. Bento. A par disso foi também desenvolvida uma actividade complementar de ilustração.

Contou com a participação de um grupo de crianças do ATL do Centro de Atividade Infantil de Évora e insere-se no programa de actividades do início do ano lectivo de 2021/22 e no projecto europeu de cooperação transfronteiriça Território Eurobird que a Câmara de Évora desenvolve com parceiros da Extremadura espanhola, centrado proteção das aves.

A organização das referidas actividades ficou a cargo da Câmara Municipal de Évora em parceria com a Universidade de Évora – Laboratório de Ornitologia e MED e a Associação É Neste País.

A primeira oficina relacionou a ecologia e cultura, através do exemplo da nossa relação com as aves de rapina noturnas (corujas, mochos e bufos). Ao desvendar o significado dos sons das corujas e o que realmente representam para estas aves, percebeu-se a importância de conhecermos o mundo natural para podermos interagir melhor com os seres vivos à nossa volta.

Na oficina de ilustração, foi trabalhada a narrativa através da ilustração de uma pequena história, na qual as aves são as protagonistas. Foi também feita uma introdução com mostra de livros de histórias sem texto (só com ilustração), técnicas de desenvolvimento de uma narrativa e exploração de técnicas de ilustração.

Neste dia da ecologia, esta atividade foi complementar à oficina “ Porque cantam as corujas”, fazendo-se assim uma interligação entre ciência, arte e cultura.

Fonte: Câmara Municipal de Évora

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Veja também

Câmara de Évora participou na cerimónia de entrega do Galardão Eco-Escolas 2021

A Câmara Municipal de Évora participou, a convite da Associação Bandeira Azul da Europa (A…