A igreja de S. Francisco com o apoio da Direcção Regional de Cultura do Alentejo apresenta, no dia 1 de agosto às 18h00, um concerto de órgão e oboé barroco interpretado por Alice Rocha, Erika Maschke e Rafael Reis.

O concerto do próximo dia 1 de agosto surge da importância do património de órgãos da igreja de S. Francisco associado à mais nova organista de Évora Alice Rocha, recentemente admitida como aluna do Conservatório Superior de Música de Dança de Paris, a qual honra e dignifica a cidade de Évora e Portugal.

O concerto junta também o seu professor, o organista Rafael Reis, e a oboísta barroca Erika Maschke, com quem tem trabalhado ao longo dos últimos 3 anos.

A temática do concerto relaciona-se com a evolução do repertório de órgão desde o século XVI até à modernidade.

Alice Rocha tocará peças de órgão a solo de autores portugueses tais como Pedro de Araújo e Marcos Portugal.

Rafael Reis e Alice Rocha tocarão peças em diálogo de órgãos de autores italianos do século XVI e XVIII e uma sonata de Mozart.

Com oboé e órgãos será tocada uma sonata de Carl Philipp Emanuel Bach e uma sonata de Franz Schubert no que de melhor existe na Alemanha do século XVIII e XIX.

A terminar o concerto uma obra para dois órgãos e oboé “Glosas sobre o Salve Regina” de Eurico Carrapatoso que representará a atualidade.

Programa:
Batalha do 6o tom – Pedro de Araujo
La Atalanta – Guiseppe Bonelli (2 órgãos)
Sonata em Sol menor – Carl Philipp Emanuel Bach ( órgão e oboé)
Pastorale – Enrico Bonazzi ( 2 órgãos)
Sonata – Marcos Portugal
Sonata – Wolfgang Amadeus Mozart ( 2 órgãos)
Sonata – Franz Schubert (oboé e 2 órgãos em alternância)
Glosas Sobre o Salve Regina – Eurico Carrapatoso ( oboé e 2 órgãos)

Alice Rocha, iniciou os estudos musicais em 2009 no Conservatório Regional de Évora- Eborae Mvsica, onde concluiu o curso secundário na classe de órgão de Rafael Reis.

Em Julho de 2016, foi seleccionada de uma longa lista de candidatos para participar na Young Talents Master Class of Haarlem, Holanda. Aqui pode estudar com prestigiados organistas e em particular com o Holandês Ben Van Oosten. Em 2017 após terminar os seus estudos secundários concorreu ao Conservatório Superior de Roterdão, à Escola Superior de Música de Lisboa e ao Conservatório Superior de Estrasburgo, tendo sido admitida em todos.

No entanto, optou pela continuação dos seus estudos no Conservatório Superior de Estrasburgo, onde fez um ano de preparação para dominar a língua e ingressar no ano seguinte na Academia de Música Superior de Estrasburgo- HEAR.

Durante estes quatro anos em França teve a oportunidade de trabalhar com organistas e professores de renome como o seu professor de órgão Johann Vexo, (organista titular do órgão de coro de Notre Dame de Paris e do órgão da catedral de Nancy), Martin Gester e Craig Goodman, entre outros.

Este ano 2020/2021 concluiu a sua Licenciatura de órgão em Estrasburgo obtendo a classificação “mention très bien”.

Para a continuidade dos seus estudos de Mestrado concorreu à Academia Superior de Música de Estrasburgo e ao Conservatório Nacional Superior de Música de Paris, no qual foi admitida e onde iniciará os seus estudos no próximo ano letivo 2021/2022 sob a orientação de Olivier Latry, organista titular de Notre Dame de Paris.

Ao longo dos seus anos em França teve a oportunidade de se apresentar em vários concertos como solista e com o seu grupo de música de câmara, o duo oboé/órgão na região da Alsácia, na catedral de Nancy e em Portugal.

Foi ainda escolhida como organista da igreja de Saint Matthieu em Estrasburgo.

A entrada é livre, sujeita à lotação da igreja.
O evento será divulgado e transmitido em direto na página de Facebook da igreja de São Francisco: https://www.facebook.com/s.francisco.evora/

Fonte: Nota de Imprensa / Igreja de S. Francisco

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Veja também

XXIII Jornadas Internacionais “Escola de Música da Sé de Évora – Manuel Cardoso: Um Lusitano de Fronteira”

A Associação Eborae Mvsica promove nos dias 2,3,4 e 5 de outubro as XXIII Jornadas Intern…