A partir do próximo dia 15 de julho inaugura-se no Museu Extremenho e Iberoamericano de Arte Contemporánea de Badajoz a exposição Do Inesgotável, do artista Pedro Calhau, que esteve patente ao público até ao dia 4 no Centro de Arte e Cultura da Fundação Eugénio de Almeida de Évora.

Esta exposição inclui-se no Projecto Campo Abierto/Campo Aberto, uma colaboração entre as duas instituções com o objetivo de promover e dar a conhecer o trabalho de artistas originários da Extremadura e do Alentejo, assim como aprofundar a colaboração transfronteririça e o diálogo entre territórios.

A exposição pode visitar-se de 3as a sábados das 10h às 14h e de 17h30 a 20h, aos domingos das 10h às 14h, e nos feriados das 10h às 14h com entrada livre.

Fonte: Nota de Imprensa

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Veja também

MUSEU DA LUZ | EXPOSIÇÃO Petricor

O Museu da Luz, localizado na Aldeia da Luz, em Mourão, vai inaugurar a exposição “Petrico…