A Associação cultural Alma d’Arame, que este ano comemora os 15 anos de existência, organiza a 13.ª edição do Encontro Internacional de Marionetas, que vai reunir em Montemor-o-Novo várias companhias artísticas, nacionais e internacionais, do teatro de marionetas.

O Encontro Internacional de Marionetas vai marcar o regresso da cultura aos teatros e ruas de Montemor-o-Novo, de 26 de maio a 6 de junho, com uma programação multidisciplinar, e contará com uma extensão, com os espetáculos internacionais, ao Festival de Teatro Ibérico de Lisboa, entre 1 e 4 de junho.

O cartaz deste encontro é multidisciplinar e vai desde apresentações de marionetas tradicionais, a criações mais contemporâneas, teatro, performance, instalação, concertos, exposições e workshops. Conta com a presença de grandes companhias artísticas, vindas de Portugal, França, Espanha , Alemanha e Polónia.

“Mesmo que o encontro do ano passado não tenha acontecido, não cruzámos os braços. Depois de um ano de interrupção por força da pandemia, voltamos cheios de energia para que esta edição valha por duas”, destacou Amândio Anastácio, diretor artístico da Alma d’Arame.

Espetáculo de abertura

‘NOVO – La Nuit’, da Companhia francesa MECANIkA, marca a abertura desta edição || 26 e 27 de maio, Teatro Curvo Semedo

Dirigido pelo marionetista e cenógrafo Paulo Duarte, cujo admirável percurso na arte das marionetas é inquestionável, “NOVO – La Nuit” é um olhar onírico, por vezes divertido, trágico e contemplativo sobre o quotidiano nas cidades.

Este projeto multiforme analisa a relação entre a banal mas vertiginosa complexidade material da cidade atual, e a singularidade das mais simples situações humanas. O projeto, na sua globalidade, questiona o modo de representação da cidade, utilizando para tal vários registos possíveis.

Cartaz

Montemor-o-Novo [M-o-N] / Lisboa [Lx]

Quarta, 26 maio

18h00 | inauguração de exposição

Aqui também há pássaros, por Alma d’Arame

Foyer do Cineteatro Curvo Semedo, M-o-N

21h00 | espetáculo | M/12

MECANIkA [FR]

NOVO – La Nuit

Cineteatro Curvo Semedo, M-o-N

Quinta, 27 maio

12h00 | espetáculo | escolas

TRUPE FANDANGA

Qubim

Escola EB 2/3, M-o-N

21h00 | espetáculo | M/12

MECANIkA [FR]

NOVO – La Nuit

Cineteatro Curvo Semedo, M-o-N

Sexta, 28 maio

12h00 | espetáculo | escolas

TRUPE FANDANGA

Qubim

Escola EB 2/3, M-o-N

21h00 | espetáculo | M/6

TRUPE FANDANGA

Qubim

Exterior do Cineteatro Curvo Semedo, M-o-N

Sábado, 29 maio

18h00 | concerto de jazz

QUARTETO PEDRO SILVA

Claustros de Oficinas do Convento, M-o-N

21h00 | espetáculo | M/3

PEDRO SARAIVA / IMAGINAR DO GIGANTE

Duas casas – Teatro com coisas lá dentro

Cineteatro Curvo Semedo, M-o-N

Domingo, 30 maio

16h00 | espetáculo . estreia nacional | M/6

ERA UMA VEZ, TEATRO DE MARIONETAS

O vendedor de cacetadas

Foros de Vale Figueira

16h00 | espetáculo | M/6

BAAL17

Um dia serei grande

Cineteatro Curvo Semedo, M-o-N

Segunda, 31 maio

19h00 | animação de rua

ALLENA SVOBODA [DE] & PINA POLAR [PL]

Ritmos de Vida

Exterior do Cineteatro Curvo Semedo, M-o-N

21h00 | espetáculo | M/12

ALMA D’ARAME

Solitária

Cineteatro Curvo Semedo, M-o-N

Terça, 1 junho

11h30 | apresentação

Apresentação pública da Associação Descampado

Biblioteca Municipal Almeida Faria, M-o-N

17h | espetáculo | escolas

ANDREA DÍAZ REBOREDO [ES]

M.A.R

Teatro Ibérico, Lx

21h00 | espetáculo | M/6

d’ORFEU

Fado Mimado

Parque Urbano de Montemor-o-Novo, M-o-N

Dia Mundial da Criança

Quarta, 2 junho

19h30 | espetáculo | M/11

ANDREA DÍAZ REBOREDO [ES]

M.A.R

Teatro Ibérico, Lx

21h00 | espetáculo . ante-estreia

ASTA TEATRO

Máquina de Encarnar

Cineteatro Curvo Semedo, M-o-N

Quinta, 3 junho

hora a confirmar | espetáculo | público escolar

ANDREA DÍAZ REBOREDO [ES]

M.A.R

Sociedade Carlista, M-o-N

19h30 | espetáculo | M/6

MAAYAN IUNGMAN [DE]

NIYAR – A PAPER TALE

Teatro Ibérico, Lx

21h00 | espetáculo | M/11

ANDREA DÍAZ REBOREDO [ES]

M.A.R

Sociedade Carlista, M-o-N

Sexta, 4 junho

16h00 | espetáculo | público escolar

MAAYAN IUNGMAN [DE]

NIYAR – A PAPER TALE

Teatro Ibérico, Lx

21h00 | espetáculo | M/11

ANDREA DÍAZ REBOREDO [ES]

M.A.R

Sociedade Carlista, M-o-N

Sábado, 5 junho

18h00 | performance musical

SONOSCOPIA

Phobos – Orquestra robótica disfuncional

Sede da Alma d’Arame, M-o-N

21h00 | espetáculo | M/16

TEATRO DE FERRO / TEATRO DE MARIONETAS DO PORTO

Maiakovski – O regresso do futuro

Cineteatro Curvo Semedo, M-o-N

Domingo, 6 junho

16h00 | espetáculo | M/6

ERA UMA VEZ, TEATRO DE MARIONETAS

O vendedor de cacetadas

São Cristóvão

16h00 | espetáculo | M/6

MAAYAN IUNGMAN [DE]

NIYAR – A PAPER TALE

Cineteatro Curvo Semedo, M-o-N

Projeto Educativo/Workshop: ‘Um Olhar Sobre A Paisagem / Arte Com Lixo’

Inserido como prólogo da 13.ª edição do Encontro Internacional de Marionetas, o projeto educativo “Um Olhar Sobre A Paisagem / Arte Com Lixo”, workshop do artista Ricardo Nicolau de Almeida, aconteceu entre 10 e 21 de maio e foi destinado ao público escolar, onde o foco recaiu sobre o lixo que produzimos e a sua reciclagem.

Exposição: ‘Há Pássaros no Cine-Teatro Curvo Semedo / Aqui Também Há Pássaros’

A exposição resultante do projeto “Aqui Também Há Pássaros” inaugurará o festival e poderá ser visitada durante todo o período do encontro, de 26 de maio a 6 de junho.

‘Há Pássaros no Cine-Teatro Curvo Semedo’ é uma exposição multissensorial que vive no Cine-Teatro Curvo Semedo durante o XIII Encontro Internacional de Marionetas de Montemor-o-Novo. Um espaço preparado para o diálogo entre pessoas, árvores e pássaros, onde podemos ouvir, recordar e partilhar memórias — As memórias ativadas pelos pássaros que nos habitam.

Esta é uma exposição que cresce com a participação dos seus visitantes e que tem origem no projeto ‘Aqui Também Há Pássaros’, desenvolvido pela Alma d’Arame no Lar do Abrigo dos Velhos Trabalhadores de Montemor-o-Novo e seus idosos. Este projeto invoca no seu espaço expositivo os materiais e conteúdos resultantes de diversas atividades multidisciplinares — técnicas de teatro, manipulação de objetos, música, técnica vocal e corporal, escrita criativa, construção de marionetas/cenários/figurinos – onde se potenciou o corpo em movimento para retardar os efeitos da deterioração, a manutenção das capacidades psicomotoras e psico-afetivas, bem como as relações interpessoais do idoso isolado no seu contexto social.

Fonte / Foto: Alma d’Arame / Nota de imprensa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Veja também

Carta dos valores patrimoniais do Centro Histórico de Évora entregue à Direção Regional de Cultura do Alentejo

O Vereador da Cultura, Eduardo Luciano, em representação da Câmara Municipal de Évora, pro…