Os membros do júri do 10.º Concurso Internacional de Azeites Virgem Extra – Prémio CA Ovibeja reuniram-se em Beja, entre 7 e 9 de maio, para apreciar 141 amostras provenientes de 11 países produtores.

Na categoria de Frutado Maduro o 1.º, 2.º e 3.º prémios foram atribuídos a participantes portugueses, sendo que ainda arrecadaram uma menção honrosa.

Na categoria de Frutado Verde Ligeiro, Portugal venceu o 1.º e o 2.º lugares, bem como as menções honrosas. O 3.º prémio foi ganho por Israel.

No que diz respeito à categoria Frutado Verde Médio, Espanha arrecadou os três primeiros lugares. Itália venceu o 1.º lugar na categoria de Verde Intenso.

Na nova categoria criada para os países do Hemisfério Sul, os prémios e as menções honrosas dividiram-se entre o Brasil (que ganhou o ouro e o bronze) e a Argentina.

O júri do 10.º Concurso de Azeites Virgem Extra – Prémio CA Ovibeja foi presidido por José Gouveia, professor catedrático especialista em azeites.

A organização do concurso é da responsabilidade da ACOS – Associação de Agricultores do Sul e da Casa do Azeite – Associação do Azeite de Portugal com o patrocínio exclusivo do Crédito Agrícola.

Fonte / Foto: ACOS / Nota de imprensa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Veja também

Organização diz que 37.ª Ovibeja excedeu expectativas e marca data para 2022

A 38.ª edição da Ovibeja está agendada para entre 21 e 25 de abril de 2022, de acordo com …