A Escola de Hotelaria e Turismo (EHT) de Portalegre preparou a sua participação na I Feira IberoAmericana Virtual de Gastronomia com um almoço na Cidade Romana de Ammaia, em Marvão, inspirado nos hábitos alimentares dos romanos que ali viveram há cerca de dois mil anos e os produtos regionais.

A equipa constituída por alunos e formadores da EHT Portalegre preparou uma sopa de castanha, um arroz de lebre com cogumelos e um pastel de castanha. O almoço foi harmonizado com os tintos de talha Terrenus, criados e produzidos pelo enólogo Rui Reguinga, que foi um dos participantes nesta iniciativa.

Durante o almoço, que contou com a participação da diretora da escola, Maria Conceição Grilo; com a diretora do Museu Ammaia, Sofia Borges; com o vice-presidente da IBEROATUR, Henrique Sim-Sim; com Filipe Verdasca Fernandes, da Terrius; com o enólogo Rui Reguinga; e com o diretor de Departamento do Turismo de Portugal, Paulo Reves, foi feita a apresentação da escola e da região que será divulgada na feira da IBEROATUR.

A gastronomia e os vinhos típicos deste Alentejo tão particular foram devidamente contextualizados pela história e da influência romana em alguns dos hábitos e tradições que mantêm vivos na atualidade.

Fonte: Escola do Turismo de Portugal – Portalegre / Nota de imprensa

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Veja também

Turismo do Alentejo e Ribatejo tem apostado em diferentes apoios para o enoturismo

A Entidade Regional de Turismo (ERT) do Alentejo e Ribatejo tem vindo a apostar em diferen…