A Câmara de Évora, na reunião pública de 10 de março, aprovou por unanimidade uma moção apresentada pelo presidente Carlos Pinto de Sá na qual “condena e repudia as potenciais ações de extrema-direita de intolerância e de ódio, inseridas numa campanha mais vasta, com particular expressão nas redes sociais, que tem como principal objetivo atacar a democracia, pôr em causa a Constituição da República e tentar hostilizar o Município e Évora.

Vandalizar as placas de entrada da cidade de Évora património da Humanidade, é uma demonstração de ódio à sua terra, de ódio às suas gentes. Merece total repugnância!

A Câmara Municipal de Évora continuará, com serenidade e firmeza, a apoiar e a dinamizar as actividades e os valores humanistas que são essenciais à nossa vivência social e à própria democracia”.

O vereador Eduardo Luciano apresentou uma saudação ao PCP por altura do seu Centenário, também aprovada por unanimidade, com o seguinte teor: “Fundado a 6 de março de 1921, o Partido Comunista Português é o partido político mais antigo em Portugal e o único que após a instauração da ditadura em maio de 1926, manteve nas duras condições impostas pela sua ilegalização a actividade de resistência e luta pela liberdade e pela democracia, que os seus militantes pagaram com a prisão, a tortura e em muitos casos com a própria vida.

A Câmara de Évora saúda o Partido Comunista Português no centenário da sua fundação como partido fundamental na resistência ao fascismo e na fundação da democracia conquistada em 25 de abril de 1974 e força política estruturante do quadro político, económico e social nascido da Constituição de 1976”.

O presidente da câmara fez o ponto de situação sobre a pandemia no concelho informando que têm estado em queda muito acentuada o número de novos casos e de casos ativos, contando à data apenas sete casos ativos.

Os três surtos estão em resolução e não apresentam grandes preocupações. Uma diminuição que se deve também ao plano de vacinação já em marcha. Esta situação permitiu uma retirada de pressão do Hospital do Espírito Santo, aguardando-se agora que gradualmente termine o isolamento social e se retorne à vida normal, ainda que com as habituais normas de proteção.

A autarquia explicou ainda que está em condições de reabrir os espaços públicos de acordo com as exigências sanitárias que forem determinadas pela Direção-Geral de Saúde.

Nesta reunião foi aprovada por unanimidade a abertura de procedimento de contratação pública referente ao concurso público para execução da obra de Remodelação da Variante entre a Rotunda dos Dadores de Sangue e a Rotunda do PITE.

O projeto de requalificação do espaço exterior de recreio exterior do Jardim de Infância da Escola Básica Manuel Ferreira Patrício mereceu aprovação unânime. Esta obra contempla o aumento do conforto das áreas pavimentadas e a sua adequação à utilização prevista, a integração de novos equipamentos e estruturas de sombra, bem como o tratamento da zona de taludes com nova vegetação.

Estima-se que o valor da obra seja de 86 mil euros (acrescidos de IVA à taxa legal em vigor). Nos trabalhos em curso nesta escola foi incluída, para além desta melhoria, também a substituição do sistema de aquecimento e a pintura global da escola no final da obra.

O projeto de ampliação do Cemitério de São Vicente do Pigeiro foi também aprovado por unanimidade, assim como o projeto de execução para a consolidação e reabilitação estrutural do edifício dos ex-Celeiros da EPAC.

O executivo municipal aprovou por unanimidade a proposta de substituição da representante da Câmara Municipal de Évora na Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Évora, uma vez que esta já cumpriu os três mandatos consecutivos estabelecidos por lei. Assim, Lénia Fragoso será substituída por Marta Carapinha, também técnica da Divisão de Educação e Intervenção Social da autarquia.

A vereadora Sara Dimas Fernandes fez um louvor a Lénia Fragoso pelo seu profissionalismo e abnegação com que realizou o trabalho ao longo destes nove anos. Informou também que foi eleita a nova presidente da Comissão, Ana Boto.

Foi aprovada por unanimidade a abertura do Programa Casa Caiada 2021, sendo que o prazo para inscrições decorrerá após a publicação do edital e até 30 de junho do presente ano.

A vereadora Sara Dimas Fernandes felicitou os atletas vencedores que conquistaram três medalhas de ouro nos Campeonatos da Europa de Pista Coberta 2021, no que foi seguida por todo o executivo municipal.

Tratam-se dos atletas Auriol Dongmo (campeã europeia de pista coberta no peso feminino), Patrícia Mamona (campeã europeia de triplo salto em pista coberta); e Pedro Pablo Pichardo (conquistou a medalha de ouro no triplo salto).

Sara Dimas Fernandes felicitou também a professora da Universidade de Évora, Sandra Leandro, que é a nova diretora do Museu Frei Manuel do Cenáculo, no que foi também acompanhada por todo o executivo.

Fonte: Município de Évora / Nota de imprensa

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Veja também

Bairro Comercial Digital de Évora apresentado segunda-feira, dia 4 março

O consórcio liderado pelo Município de Évora, de que fazem parte a Associação Comercial do…