No arranque da fase em que os estudantes estão em ensino à distância, a Câmara de Elvas assegura condições logísticas para que os alunos, do 1.º ao 12.º ano de escolaridade, possam acompanhar os conteúdos letivos, nesta nova realidade escolar que a pandemia impõe.

Assim, estão disponibilizados pela autarquia aos agrupamentos de escolas 190 routers de acesso à internet, para permitir que igual número de agregados familiares possam ter condições para acompanhar as aulas.

A distribuição e entrega desses routers às famílias tem o critério de cada um dos agrupamentos de escolas, que procede à entrega deste equipamento às famílias dos alunos que dele necessitem.

Por outro lado, a Câmara de Elvas tem cerca de 900 tablets distribuídos pelos três agrupamentos de escolas, que estão em condições de ser entregues aos alunos que deles necessitem, sendo a gestão destes tablets feita pelos agrupamentos.

Com estas distribuições de routers e tablets, o Município de Elvas pretende atenuar as desigualdades sociais entre os diversos agregados familiares, para os alunos poderem encarar esta fase de ensino à distância em pé de igualdade, no que respeita a condições de acompanhamento das matérias letivas.

Fonte: Município de Elvas / Nota de imprensa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Veja também

Vídeo sobre a pandemia feito por aluno de Évora tem tido “feedback” positivo

Trabalho do jovem de 14 anos já foi mostrado em várias escolas. Foto: Miguel Madeira …