“A EDP Distribuição é agora E-REDES”. A afirmação foi feita por João Torres, presidente do Conselho de Administração da E-REDES – Distribuição de Eletricidade, durante a conferência de imprensa online, realizada na passada quinta-feira.

O mesmo responsável frisou que “a E-REDES orgulha-se de ser o operador da rede elétrica de distribuição em alta, média e baixa tensão em Portugal continental”, focando que “é uma nova marca herdeira da EDP Distribuição e de toda a sua história”.

Na conferência de imprensa, que o Grupo Diário do Sul acompanhou, João Torres adiantou que “queremos ser o operador europeu de referência na gestão da eficiência da rede de distribuição de eletricidade, garantindo a prestação de um serviço público de excelência, focado nos clientes”.

Segundo o mesmo responsável, “o investimento que esta mudança implica é na ordem dos dois milhões de euros, sendo que 700 mil já era operação normal”, garantindo que “o restante vamos conseguir neutralizar noutras áreas da empresa (exceto a manutenção de redes), para que no resultado final haja essa neutralidade de custos”.

Assegurou ainda que “o processo conduzido em cooperação muito estreita com a ERSE permite dizer que o impacto vai ser neutro na fatura do consumidor porque a mudança vai ser feita de forma faseada”.

Leia a notícia na íntegra na edição de hoje do jornal Diário do Sul

Autor: Redação DS / Marina Pardal

Foto: E-REDES

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Veja também

Universidade de Évora e CapWatt juntas para melhorar Sistemas Híbridos de Baterias

A Universidade de Évora (Cátedra Energias Renováveis) e a empresa CapWatt estão a desenvol…