O grande vencedor desta noite eleitoral foi o professor Marcelo Rebelo de Sousa que voltou a conciliar vontades e a recolher a confiança dos portugueses, onde se destacam os alentejanos.

O reeleito Presidente da República conseguiu 60,76 por cento, com larga distância da segunda candidata mais votada, a nível nacional, Ana Gomes, que alcançou 12,93 por cento votos.

Mas a grande surpresa foi o resultado obtido por André Ventura que se perfilou como o terceiro candidato no país, mas o segundo no Alentejo, num território em que o Partido Comunista Português era tradicionalmente forte.

Marcelo Rebelo de Sousa ganhou em todos os concelhos, feito inédito em Portugal. Tal como incomum foi o candidato presidencial de extrema-direita, Ventura, ter conseguido mandar para o terceiro lugar o candidato comunista, João Ferreira.

Olhando para os resultados, no distrito de Beja, Marcelo venceu com 51,3%, tendo André Ventura conseguido 16,19%. Em terceiro lugar aparece João Ferreira com 15,02% e Ana Gomes alcançou10,7%.

No distrito de Évora, Marcelo Rebelo de Sousa venceu com 54,70% enquanto André Ventura conseguiu chegar aos 16,76%. O candidato comunista voltou a ficar em terceiro plano com 10,8%, novamente seguido de Ana Gomes com 10,3%.

Portalegre foi o distrito do Alentejo em que André Ventura conseguiu o melhor resultado, 20,02%. O que diferencia este dos outros distritos alentejanos é o facto da candidata Ana Gomes ter conseguido ficar à frente do candidato João Ferreira.

Autor: Maria Antónia Zacarias

Foto: Turismo do Alentejo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Veja também

Henrique Sim-Sim é o candidato do PSD à Câmara de Évora

"O PSD pretende assim apresentar um projeto autárquico sólido, construindo uma alternativa…