A reitora da Universidade de Évora (UÉ), Ana Costa Freitas, acaba de decidir suspender todas as atividades de avaliação presenciais a partir de hoje, dia 22 de janeiro, uma medida adicional a fim de evitar um maior número de casos de Covid-19.

Em comunicado à academia, a reitora referiu que tal decisão partiu da necessidade de responder ao comunicado do Conselho de Ministros aprovado na reunião de 21 de janeiro e às recomendações às Instituições Científicas e de Ensino Superior no Contexto das Medidas Extraordinárias do Estado de Emergência, remetido à Universidade de Évora pelo Gabinete do Ministro da Ciência Tecnologia e Ensino Superior no mesmo dia.

Ana Costa Freitas destaca ainda que tal medida é necessária para “garantir um mínimo de previsibilidade das atividades académicas e de funcionamento da universidade”.

Desta forma, o modelo de avaliação preferencial na Universidade de Évora para o 1.º semestre de 2020/2021 será o modelo online sempre que a tipologia das unidades curriculares/curso o permita.

Será fixada uma época extra de exames, em data ainda a definir, para que os estudantes que não tenham condições de saúde possam realizar a prova da época normal e/ou a prova de época de recurso e para os exames presenciais. No mesmo comunicado, pode ler-se ainda que a época extra será agendada assim que as condições pandémicas o permitam, mas nunca antes do final de março.

Quanto aos exames online já agendados, realizam-se na semana de 25 a30 de janeiro todos em formato online.

Ana Costa Freitas congratula-se com “o modo como a academia tem reagido às alterações e sobressaltos de todas estas mudanças demonstra a maturidade, resiliência e espírito académico”, deixando para breve uma decisão sobre o funcionamento do próximo semestre.

Fonte: Universidade de Évora / Nota de imprensa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Veja também

Vídeo sobre a pandemia feito por aluno de Évora tem tido “feedback” positivo

Trabalho do jovem de 14 anos já foi mostrado em várias escolas. Foto: Miguel Madeira …