​Decorreu na sexta-feira, a reunião das Equipas de Coordenação do Plano de Contingência Municipal e da Equipa Operacional de Saúde e Segurança, momento em que se avaliou o ponto em que se encontra o concelho em termos da pandemia de COVID-19 e se tomaram medidas adicionais para mitigar os seus efeitos, tendo em conta a legislação emitida decorrente da declaração do estado de emergência.

Além das medidas necessárias que têm vindo a ser tomadas face à gravidade do momento, salientam-se agora as seguintes:

Quanto aos equipamentos desportivos, decidiu-se pelo encerramento das Piscinas Municipais, bem como pelo encerramento à população da pista de atletismo e do campo do Complexo Desportivo de Évora (excetuando-se atividades de treino e competições profissionais, atividades de alto rendimento, de seleções nacionais das modalidades olímpicas e paralímpicas e ainda da primeira divisão nacional ou de competição de nível competitivo correspondente de todas as modalidades dos escalões seniores masculino e feminino).

O circuito de manutenção do Complexo Desportivo mantém-se aberto para a prática de atividade física e treino de desportos individuais ao ar livre, bem como o Circuito de Manutenção do Alto dos Cucos.

Quanto a feiras e mercados, é apenas permitido o seu funcionamento nos casos de venda de produtos alimentares, por se tratarem de bens de primeira necessidade e mediante autorização do presidente da câmara municipal.

A Câmara de Évora continuará a acompanhar no terreno a evolução da pandemia no Concelho, não poupando esforços na afetação de meios e na determinação de medidas adicionais para mitigação dos seus efeitos.

Fonte: Município de Évora / Nota de imprensa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Veja também

Comissões de Utentes do Litoral Alentejano criticam vacinas a “conta gotas”

Este atraso verifica-se devido às opções políticas do Governo no sentido de realizar uma …