Reconhecendo a importância das organizações promotoras de voluntariado e dos voluntários envolvidos terem acesso a informação sistematizada que lhes permita enfrentar a desafiante conjuntura atual, a Fundação Eugénio de Almeida (FEA) desenvolveu um Guia Prático de Orientações para Ser Voluntário em Tempos de COVID-19, o qual será apresentado dia 26 de novembro, entre as 15h00 e as 16h30 numa sessão online transmitida por Zoom e Facebook Live.

Empenhada em promover a discussão e partilha de conhecimentos sobre o voluntariado no contexto de pandemia, o evento online da FEA dará também lugar à conferência “Voluntariado em Tempos de Covid-19 – uma perspetiva europeia”, protagonizada por Gabriella Civico, Diretora do European Volunteer Centre, e a um debate sobre a temática que cruzará as opiniões de João Teixeira, membro da Direção da Confederação Portuguesa do Voluntariado; Carla Ventura, vice-presidente da CASES, e Tiago Costa, coordenador nacional de Voluntariado na Cruz Vermelha Portuguesa.

Acreditando que o conhecimento é a pedra basilar para a ação voluntária comprometida, transformadora e segura – que dá espaço não só à solidariedade e generosidade, mas sobretudo à transformação social – o Guia Prático de Orientações para Ser Voluntário em Tempos de COVID-19 resulta de um processo de pesquisa e sistematização de informação, realizado pela Equipa do Programa de Voluntariado da Fundação Eugénio de Almeida. Neste, aborda-se o desempenho da ação de voluntário, detalhando locais e tipos de voluntariado que se podem realizar, bem como intenta explicitar-se de que forma esta atividade pode ser adaptada à conjuntura de COVID-19, referindo os cuidados a ter por parte dos voluntários e o papel das organizações promotoras de voluntariado no contexto atual.

“O voluntariado tem desempenhado, desde sempre, um papel fundamental de resposta às necessidades das organizações do setor social e solidário. No difícil período que se atravessa, é verdadeiramente relevante que tal continue a ser uma prática, agora com outras particularidades que devem ser encaradas como uma nova normalidade. O Guia Prático de Orientações para Ser Voluntário em Tempos de COVID-19, desenvolvido pela FEA, espera contribuir para este processo conjunto e evolutivo de aprendizagem e conhecimento, sistematizando informação necessária aos voluntários e aos coordenadores das ações voluntárias, contribuindo para a edificação da sociedade mais justa e fraterna que todos almejamos”, afirma Henrique Sim-Sim, coordenador da Área Social e de Desenvolvimento da Fundação.

Reinventando-se e inovando constantemente para uma melhor prossecução da sua missão, a FEA concebeu este guia tendo por base a aprendizagem adquirida pela sua experiência na gestão dos projetos de voluntariado próprios, dos quais se destacam atualmente – e nomeadamente em resposta ao contexto pandémico – o Voluntariado na Cozinha Social, o Voluntariado no Apoio ao Estudo e Voluntariado no Apoio à Empregabilidade, e na pesquisa e recolha de informação de boas práticas de outras instituições nacionais e internacionais.

Dirigida a voluntários, técnicos e organizações, a sessão de apresentação online promovida pela FEA, embora não tenha número limite de participantes, requer inscrição prévia. O Guia Prático de Orientações para Ser Voluntário em Tempos de COVID-19 será disponibilizado em www.fea.pt/banco-voluntariado após a apresentação pública.

Fonte: Fundação Eugénio de Almeida / Nota de imprensa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Veja também

Banco Alimentar apela à solidariedade para que ninguém fique sem alimento à mesa

De 26 de novembro a 13 de dezembro, Campanha de Recolha de Alimentos com vales disponíveis…