Este estabelecimento de ensino, localizado na cidade de Évora, vai encerrar devido ao facto de uma assistente operacional ter testado positivo à COVID-19.

Face à situação, a Autoridade de Saúde colocou de quarentena todo o pessoal não docente, tendo a escola que encerrar, a partir de amanhã, até novas indicações.

A informação foi dada através de um comunicado na página do Agrupamento de Escolas Gabriel Pereira, não querendo o diretor, Fernando Martins, prestar esclarecimentos ainda sobre o ocorrido.

No aviso é solicitado aos encarregados de educação que se mantenham atentos à informação que deverá ser dada pelos diretores de turma.

Autor: Maria Antónia Zacarias

Foto: Câmara Municipal de Évora