A artesã têxtil portuguesa Estela Ribeiro dá hoje, a partir das 17h30 (hora espanhola), um workshop sobre tingimento de lã, em San Nicolás del Puerto, na serra norte de Sevilha, para comemorar o Dia Internacional da Mulher Rural. Esta iniciativa é organizada pela Fundação Três Culturas através do seu projeto europeu INTREPIDA plus, apoiado pelo programa europeu INTERREG.

Este workshop de tingimento de lã com tintas naturais acontece na localidade de San Nicolás del Puerto, onde ainda sobrevivem rebanhos de ovelhas e onde um grupo de mulheres encontrou no artesanato têxtil um elo que contribui para a criação de comunidade (#enREDadadas).

Estela Ribeiro dará o seu testemunho a esta comunidade. A artesã portuguesa lidera o projeto Ovelha Mãe, ligado à lã de ovelha e à tecelagem. Todas as suas peças são feitas à mão, a partir da lã do pequeno rebanho de ovelhas que possui nos arredores de Aveiro, Portugal. O tingimento é feito com pigmentos naturais obtidos de plantas do campo onde vive ou de outras zonas próximas, respeitando integralmente o ambiente natural e evitando qualquer impacto no meio ambiente.

No dia 15 de outubro, é comemorado em todo o mundo o Dia Mundial da Mulher Rural, uma data marcada pelas Nações Unidas desde 2007 para reconhecer o papel decisivo da mulher no desenvolvimento, na segurança alimentar e na erradicação da pobreza. As mulheres do meio rural, entre muitas outras coisas, permitem que os núcleos populacionais se instalem e enfrentem as dificuldades de viver longe das cidades, por isso este workshop pretende chamar a atenção e valorizar o trabalho destas mulheres para o desenvolvimento das comunidades rurais em que se inserem.

Além da realização deste workshop, o Projecto INTREPIDA plus (Internacionalização de Mulheres Empreendedoras de Espanha e Portugal para a Integração, o Desenvolvimento e as Alianças – Segunda fase) tem uma vasta programação para este mês de outubro, de que se destaca a realização de um encontro de empresárias portuguesas em Sevilha nos próximos dias 21 e 22.

Mais informação no site www.tresculturas.org

Fonte: Fundação Três Culturas / Nota de imprensa