O interesse manifestado pela comunidade em visitar o Mosteiro de Santa Maria Scala Coeli, em Évora, levou a que a Fundação Eugénio de Almeida (FEA) promova agora visitas abertas a este espaço, mais conhecido como Convento da Cartuxa.

Assim, além das visitas guiadas, a FEA promove “a visita aberta gratuita, sem inscrição prévia, a partir do próximo dia 15 de agosto, inclusive”, acrescentando que “a visita aberta terá lugar aos sábados e domingos, entre as 10h00 e as 18h00, até ao final do mês de setembro”.

Segundo informação da mesma fonte, “a visita aberta não tem limite de idade”, enquanto que a visita guiada é dirigida “a maiores de 16 anos”.

Relativamente às visitas guiadas, há ainda a salientar que são conduzidas pelo arquiteto Luís Ferro. “Realizam-se todos os sábados e domingos, entre 15 de agosto e 20 de setembro e a participação é gratuita mediante inscrição prévia, todas as quartas-feiras, no site da FEA”, indicou a instituição, sublinhando que há “uma limitação de 20 participantes por visita”.

Em nota de imprensa, a FEA recordou que “o Mosteiro de Santa Maria Scala Coeli recebeu os monges da Ordem da Cartuxa até 2019 e aguarda, agora, a vinda das irmãs do Instituto das Servidoras do Senhor e da Virgem de Matará”.

Focou ainda que “no período que os separa, a história deste lugar de contemplação passa a poder ser experienciada por todos aqueles que pretendem visitar este monumento nacional”.

Autor: Redação DS / Marina Pardal

Créditos fotográficos: Carlos Tojo