O setor cultural e artístico foi um dos mais atingidos pelos efeitos da pandemia que assola o mundo. Com dezenas de espetáculos cancelados no concelho de Évora, a Câmara Municipal assumiu o papel de apoiar agentes e artistas para minimizar prejuízos, gerando trabalho para criadores e técnicos locais que viram toda a sua vida profissional cancelada e, ao mesmo tempo, levar as artes a casa das pessoas. Nestas programações foram envolvidos cerca de 150 artistas, perto de 20 técnicos de várias áreas e 10 associações Culturais, representando um investimento de quase 66 mil euros.

Uma emissão inédita para comemorar o 25 de Abril e as iniciativas “Artes em Casa”, “Cinema em Casa”, “Matéria – Magazine Cultural” e o “Dia da Cidade” traduziram uma nova forma de programação em resposta aos desafios atuais. As emissões foram transmitidas em direto nas redes sociais da Edilidade e, em simultâneo, na rádio.

Nem em casa a Liberdade se confina. Foi este o mote para que em pleno Estado de Emergência as comemorações dos 46 anos do 25 de Abril fossem necessariamente diferentes, mas não menos importantes, com duas emissões. No dia 24, foram 5 horas de emissão em que a denominada “Rádio 25 de Abril” emitiu em direto do Salão Nobre dos Paços do Concelho, num simultâneo da Diana FM e Rádio Telefonia do Alentejo, as duas rádios locais do concelho. O programa conduzido por Luís Matias esteve no ar entre as 22h00 e as das 00h30, integrando comentários e relatos históricos, para além de atuações de muitos artistas eborenses que reinterpretaram músicas de autores da Revolução de 1974. A emissão da manhã de dia 25 apresentou, por um lado, depoimentos de adultos que partilharam as suas experiências com o público e, por outro, declarações de crianças que expressaram na rádio o que sabem e o que significa para elas o 25 de Abril.

O “Artes em Casa” consistiu numa programação cultural online dirigida a criadores locais que integrou dança, contos, música, poesia, teatro e vídeo. Em maio, com o “Cinema Em Casa”, o destaque foi para a sétima arte com apresentação de filmes realizados em Évora ao longo dos últimos anos. Tratou-se de uma seleção de documentários e curtas-metragens em português com o objetivo de promover novos realizadores de cinema do concelho.

Em junho surgiram outros formatos inovadores: o “Matéria, Magazine Cultural de Évora”, que continua com várias emissões em direto online e na rádio com uma hora de duração, às quartas e aos sábados. As associações acolhem este magazine que dá a conhecer agentes, artistas e espaços culturais eborenses. Para celebrar “O Dia da Cidade”, a 29 de junho, a Autarquia levou a Cultura a cada rua, com a realização de quatro emissões de rádio e vídeo, naquele que terá sido o maior evento de sempre a envolver artistas e técnicos do concelho, num só dia, em Évora.

Veja ou reveja todas as emissões em www.facebook.com/evoranoticias.

Fonte: Câmara de Évora / Nota de imprensa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Veja também

Câmara de Évora aprovou prorrogação de isenção de pagamento de taxas de esplanadas até final de 2020

A isenção anteriormente aprovada para o prazo de março a agosto, passa a abranger também o…