O Município de Reguengos de Monsaraz avançou hoje que ocorreu mais uma morte por Covid-19, relacionadas com o surto no lar de idosos da Fundação Maria Inácia Vogado Perdigão Silva (FMIVPS).

Segundo o presidente da Câmara de Reguengos de Monsaraz e Autoridade Municipal da Proteção Civil, José Calixto, “foi-nos comunicado a meio da tarde de ontem, pelo Hospital do Espírito Santo de Évora (HESE), o falecimento de uma senhora de 82 anos”.

Quanto à situação epidemiológica do concelho de Reguengos de Monsaraz, a informação diária (dados até às 11 horas de 15 de julho) emitida pela autarquia regista “170 casos positivos acumulados, 28 dos quais curados, 125 ativos e 17 óbitos”.

Especificou que, “deste valor total de 125 casos ativos relacionados com o último surto, registamos 85 na FMIVPS e 40 na comunidade”.

Informou também que “encontram-se cinco utentes do lar no HESE, três dos quais em cuidados intensivos”, apontando que, “dos casos de infeção na comunidade, registamos um caso internado em cuidados intensivos e um em enfermaria.”

A autarquia deu conta ainda de que, “entre os profissionais positivos, registamos que todos estão a recuperar nas suas residências”.

O mesmo relatório dá conta de que “relativamente ao controlo da propagação na comunidade não se registou qualquer caso nos últimos 7 dias. A autoridade de Saúde Pública considera que o surto está em resolução, caso não existam novas cadeias desconhecidas”, explicando que “tecnicamente será considerado extinto depois de 28 dias sem novos casos positivos Covid-19 relacionados com as cadeias conhecidas”.

Autor: Redação DS

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Veja também

Vídeo consciencializa para hábitos saudáveis durante o verão

Dez conselhos para prevenir a doença coronária. …