O Município de Reguengos de Monsaraz avançou hoje que ocorreram mais duas mortes por Covid-19, relacionadas com o surto no lar de idosos da Fundação Maria Inácia Perdigão Silva (FMAIVPS).

Segundo o presidente da Câmara de Reguengos de Monsaraz e Autoridade Municipal da Proteção Civil, José Calixto, “ontem faleceu uma senhora de 88 anos e hoje, ao início do dia, faleceu outra senhora, de 94 anos”, referindo que “ambos os óbitos aconteceram no Hospital do Espírito Santo de Évora (HESE)”.

A informação diária (dados até às 10 horas de hoje) emitida pela autarquia regista assim “167 casos positivos acumulados, 17 dos quais curados, 136 ativos e 14 óbitos”.

Especifica que “deste valor total de 136 casos ativos relacionados com o último surto, registamos 89 (21 trabalhadores e 68 utentes) na FMAIVPS e 47 na comunidade”.

O relatório do Município de Reguengos de Monsaraz sublinha ainda que “encontram-se 12 utentes do Lar no HESE, cinco dos quais em cuidados intensivos”, acrescentando que “dos casos de infeção na comunidade, registamos dois casos de internamento em enfermaria Covid e um caso internado em cuidados intensivos”.

Informa também que “de entre os profissionais positivos, registamos que todos estão a recuperar nas suas residências”.

É ainda relatado que, “relativamente ao controlo da propagação na comunidade, registou-se no dia de ontem um caso positivo nos testes com resultados conhecidos durante o dia”.

A par disso, José Calixto frisou que “continua o surgimento de novos casos de cura”, adiantando que “a Autoridade de Saúde Pública considera que o surto está em resolução, caso não existam cadeias desconhecidas”.

Autor: Marina Pardal / Redação DS

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Veja também

Faltam viaturas e equipamentos de proteção individual para fogos e COVID19

Falta de viaturas adequadas para as várias valências, carência de equipamentos de proteção…