Esta iniciativa transfronteiriça é coordenada pela Associação Florestal e Ambiental de Vila Pouca de Aguiar e financiada pela La Caixa.

O projeto Português procura trabalhar além da prevenção de riscos naturais, está coordenada pela Associação Florestal e Ambiental de Vila Pouca de Aguiar, em conjunto com outras associações lusas tais como a dos Criadores de Maronês, Criadores de cabra brava, a nacional de Caprinicultores de Raça Serrana e está financiada pelo programa Promove Regiões transfronteiriças da Fundação La Caixa.

Rebanhos Mais pretende utilizar o pastoreio orientado como uma ferramenta para gerir espaços naturais, prevenir incêndios de maneira coordenada entre diferentes territórios fronteiriços e recuperar áreas degradadas. Para este fim, trabalhar-se-á para criar modelos de sistemas de informação georeferenciados (SIG) que, através de uma plataforma virtual, permitam a prevenção de riscos e a adaptação às alterações climáticas do território.

rebanhos

Segundo explica a entidade coordenadora, também procuram colaboração dos diversos atores para a adaptação do modelo e da sua réplica em outros territórios. Neste sentido, a plataforma também incluirá ferramentas de capacitação e suporte técnico para que possam ser utilizados por empresários do setor que queiram adaptar-se às inovações propostas pelo Rebanhos Mais.

Para a realização destes objetivos, a iniciativa promove a participação de administradores, agricultores, e consumidores, baseada na experiência positiva colhida em outras experiências em territórios como a Andaluzia, Catalunha e várias zonas dos Pirinéus, onde se comprovou uma redução significativa do incêndios florestais graças à aplicação da metodologia e recursos derivados do projeto.

Plataforma digital e formação

As possibilidades de implantar a iniciativa em outros territórios apoia-se na criação da plataforma digital que o projeto inclui, já que este suporte técnico supôe uma ferramenta de aplicação direta  para todos aqueles que desejam implantá-lo.

rebanhos

Junto com a plataforma digital, também está prevista a celebração de seminários, que neste momento adaptados à nova normalidade provocada pela crise do COVID, são implementados em formato online, como é o caso do  Segundo Webinar Rebanhos + Clima Positivo, que terá lugar no próximo dia 9 de julho e que todas as pessoas interessadas em participar possam inscrever-se de forma gratuita em  https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSfTGv_xBecHeV0sK61ERVJCKBP4nqIvRxO6tt3BsVhPLMpdWw/viewform 

Este segundo encontro digital sucede ao evento do pasado dia 4 de Junho, e hão de seguir-se outros dois webinars, 16 y 30 neste mesmo mês de julho, apresentados por especialistas de Espanha e Portugal no qual, os participantes poderão conhecer em primeira mão o projeto, assim como as possibilidades que um trabalho tradicional como o pastoreio, unida às boas práticas e à tecnologia podem ajudar de forma ativa a conservar o meio ambiente e na prevenção e redução de incêndios florestais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Veja também

Sugestões de Leitura FNAC

Última semana de Julho/2020 – TOP DA SEMANA – FICÇÃO e NÃO FICÇÃO …